Pochettino vê futuro de Neymar no PSG: 'Não tenho dúvidas de que quer estar em Paris'

Treinador argentino rasga elogios ao brasileiro e defende o jogador de críticas, afirmando que há uma cobrança exagerada em cima do craque por atuação 'acima da média'.

Da redação, Estadão Conteúdo ,
Pascal Rossignol / Reuters
Em entrevista ao programa de TV espanhol, o comandante da equipe poupou palavras nem elogios para falar do atacante.

Não há dúvidas de que Neymar é um dos jogadores favoritos do técnico do Paris Saint-Germain, o argentino Mauricio Pochettino. Em entrevista ao programa de TV espanhol El Partidazo de COPE, o comandante da equipe de Paris poupou palavras nem elogios para falar do atacante brasileiro. Deu a sua opinião sobre o futuro do craque, que recentemente revelou que a Copa do Mundo de 2022 pode ser a última da sua carreira.

"O Neymar é um dos melhores jogadores do mundo, com 29 anos, que desde pequeno tem estado sob pressão para fazer grandes coisas no futebol. Tem incrível força mental, caráter e enorme sensibilidade. Não tenho dúvidas de que ele quer estar em Paris, mostrar sua coragem e dar ao clube aquela cobiçada Liga dos Campeões que ele tem procurado por tantos anos", disse o treinador.

Depois de vencer o Metz por 2 a 1, há duas semanas, pelo Campeonato Francês, Pochettino defendeu Neymar das críticas, dizendo que enxerga uma cobrança exagerada sobre o craque para que ele tenha atuações sempre acima da média. "Neymar não é difícil de administrar. Eu o respeito muito. Posso dizer que Ney é uma pessoa muito sensível, muito carinhosa, tem um sorriso e não é difícil viver com ele de jeito nenhum. Temos um ótimo relacionamento", opinou.

Defendendo a seleção brasileira no momento, o próximo compromisso de Neymar é diante do Uruguai, nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), em Manaus, pela 12.ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, que será no Catar.

Neymar fez a sua estreia na seleção em agosto de 2010, época que ainda defendia o Santos. Com o Brasil foram 114 jogos e 69 gols, se tornando o segundo maior artilheiro do Brasil, atrás de Pelé. De acordo com a Fifa, são 77 gols do Rei do Futebol, enquanto que a CBF registra 95 bolas na rede.

O atual camisa 10 da seleção brasileira tem o título da Copa das Confederações de 2013. Pela seleção olímpica, foi campeão nos Jogos do Rio-2016, além do Sul-Americano Sub-20, em 2011.

Tags: futebol neymar psg
A+ A-