Ministério Público recomenda torcida única para clássicos entre ABC e América

O prazo é de 48 horas para informar sobre o atendimento da recomendação pela FNF

Da redação,
Canindé Pereira/América FC
A Federação de Futebol deve liberar o acesso à praça esportiva apenas da torcida do clube mandante do jogo

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou à Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) que adote, de forma imediata, jogo de torcida única quando se tratar de confronto entre ABC Futebol Clube e América Futebol Clube. A recomendação foi assinada nesta sexta-feira (4) e será publicada na edição deste sábado (5) do Diário Oficial do Estado (DOE).

A Federação de Futebol deve liberar o acesso à praça esportiva apenas da torcida do clube mandante do jogo. Em inexistindo espaço exclusivo para torcida visitante, que somente poderá ter acesso à área mista do Estado e desde que não ostente símbolos (bandeiras, acessórios, camisas, etc) ligados às torcidas organizadas.

O MPRN também recomendou ao comando da Polícia Militar que fiscalize situações de risco, buscando evitar confronto entre torcedores, que seja determinado o uso do poder polícia, de forma motivada, para controle e acesso de torcedores com camisas do time adversário.

Aos clubes ABC e América, o MPRN recomendou que se abstenham de realizar qualquer tipo de evento no dia do jogo, sem que antes seja autorizado e vistoriado pela PM, inclusive devendo ser vedado o acesso do torcedor às dependências do complexo esportivo sem prévia revista de segurança por parte da Polícia Militar. A FNF tem prazo de 48 horas para informar sobre o atendimento da recomendação.

A recomendação é baseada em vasto material apresentado pelo Comando da Polícia Militar, onde se verificou inúmeros atos de vandalismo, crime e total descaso com o que define o Estatuto do Torcedor como normas a serem observadas pelas Torcidas Organizadas.

O MPRN reforça que esses atos criminosos têm sido praticados de forma reiterada nos jogos entre ABC Futebol Clube e América Futebol Clube, colocando em risco a integridade física de todos que se deslocam até as praças esportivas, inclusive os profissionais envolvidos no evento. Além disso, a proteção aos interesses coletivos do torcedor deve prevalecer sobre quaisquer outros interesses financeiros ou particulares, seja do torcedor, seja de agremiações envolvidas no certame em andamento.

Clique aqui e veja a íntegra da recomendação.

Tags: ABC América Futebol Ministério Público
A+ A-