Imprensa repercute morte de Marinho Chagas

Ex-jogador potiguar faleceu na madrugada deste domingo após passar mal em João Pessoa.

Kyberli Gois,
Reprodução
Ex-jogador potiguar faleceu na madrugada deste domingo após passar mal em João Pessoa.

A morte do do ex-lateral esquerdo da Seleção Brasileira de 74, o potiguar Marinho Chagas, na madrugada deste domingo (1), foi repercutida em sites nacionais e regionais. Estadão, Folha.com, Uol e outros domínios nacionais, que escreveram sobre o assunto.

marinho_globo_370Em todos os portais de notícias o destaque foi o desempenho da "Bruxa" na Seleção em 74 e em times nacionais como o Botafogo.

Marinho passou mal durante um evento em João Pessoa no último sábado (31) para lançar a réplica da camisa que ele usou na Copa de 1974. O ex-jogador foi diagnosticado com uma hemorragia digestiva, estava internado no Hospital de Trauma Humberto Lucena e não resistiu.

O jogador também teve passagens por Riachuelo, ABC, América, Náutico , São Paulo, Fluminense e Cosmos, dos Estados Unidos. Ele foi treinador do Alecrim.

O corpo de Marinho Chagas, será velado às 14h e o velório está previsto para as 16h, no módulo B portão 1, no Frasqueirão, estádio do ABC, informou a Federação Norte-rio-grandense de Futebol.

O enterro será amanhã (2) em horário a ser definido pela família. O Grupo Vila doou o jazigo no cemitério Morada da Paz, em Emaús.

Tags: futebol marinhochagas
A+ A-