FNF define comissão para projetar retorno ao futebol no Estado

Responsável por comitê, Infectologista Antônio Araújo será responsável por protocolo da federação.

Rafael Araújo,
Divulgação/FNF
Com crescente de casos do coronavírus no Estado e em todo o Brasil, retorno ao futebol no RN segue sem previsão de data.

SELO-CORONA-100O retorno ao futebol no Rio Grande do Norte continua sendo discutido pela Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF), que criou uma comissão para viabilizar e definir uma data para o retorno às atividades no Estado. O presidente José Vanildo definiu o infectologista Dr° Antônio Araújo como responsável por este comitê.

“A coordenação do Dr° Antônio Araújo visa estreitar a relação entre clubes, federação e Governo do Estado. Reconhecemos nele um profissional de total competência, que inclusive já exerceu a presidência da Unimed e que é um infectologista de competência indiscutível”, pontuou o cartola.

Em entrevista à rádio CBN na manhã desta quarta-feira, o infectologista Antônio Araújo destacou que o retorno ao futebol depende do Governo do Estado e que com o decreto publicado hoje, não tem como pensar em retorno às atividades até o dia 4 de junho.

“Nós tivemos hoje uma reunião com a coordenadora de epidemiologia da Secretaria de Saúde para tratar do assunto. Porém, o decreto publicado pelo Governo nesta quarta-feira expandiu até o dia 4 de junho as restrições ao futebol. Até lá não se pode pensar em volta às atividades”, comenta.

Questionado sobre uma projeção para a volta do futebol no Rio Grande do Norte, o coordenador da comissão disse acreditar que essa volta poderá ocorrer em setembro ou outubro. Contudo, ele deixou claro ser uma opinião pessoal e ressaltou que tudo isso depende tanto do achatamento da curva (diminuição de infecções e mortes), como dos decretos governamentais.

Tags: Coronavírus Futebol
A+ A-