Felipão não é mais técnico da Seleção Brasileira

Técnico já comunicou sua decisão à CBF e entidade já aceitou a demissão.

CorreioWeb,
Fifa
Felipão pareceu entrar em desespero na derrota por 3 a 0 para a Holanda, dias depois de sofrer 7 a 1 em BH.

Luiz Felipe Scolari não é mais o técnico da Seleção Brasileira. Neste domingo (13), dia em que se encerrou a Copa do Mundo, ele comunicou à Confederação Brasileira de Futebol que não permaneceria no cargo. 

Também sai toda a comissão técnica formada pelo auxiliar Flávio Murtosa, o preparador de goleiros Carlos Pracidelli e o preparador físico Anselmo Sbragia. Outro que deixa a Seleção após o fracasso na Copa é o coordenador técnico Carlos Alberto Parreira.

A informação é da Rede Globo. A saída de Felipão deverá ser oficializada pela CBF nesta segunda-feira.

Felipão assumiu o comando da Seleção em novembro de 2012, no lugar de Mano Menezes, que fora demitido pela CBF na ocasião.

Nessa passagem, Luiz Felipe Scolari venceu a Copa das Confederações disputada no país em 2013, mas fracassou no projeto de conquistar a Copa do Mundo, ficando apenas com o quarto lugar. A campanha no Mundial foi marcada por atuações ruins, a histórica goleada por 7 a 1 para a Alemanha, no Mineirão, pela semifinal, e ainda o revés para a Holanda, por 3 a 0, em Brasília, na decisão do terceiro lugar.

Foram 29 jogos, com 19 vitórias, seis empates e quatro derrotas. Sob o comando do gaúcho, o Brasil marcou 70 gols e sofreu 26.

Tags: Felipão
A+ A-