Atlético e Barcelona empatam no clássico espanhol

Jogo terminou sem abertura de placar e ambos dividem liderança com 50 pontos.

Portal da Band, com AFP,
Gerard Julien/AFP
Neymar saiu do banco, mas Barcelona ficou na igualdade contra Atletico de Madri.

Atlético de Madrid e Barcelona empataram sem gols, ontem (11), no estádio Vicente Calderón, em partida válida pela 19ª e última rodada do primeiro turno do Campeonato Espanhol. Com isso, ambos e seguem dividindo a liderança da competição, com 50 pontos.

O empate valeu ao Barça o título de campeão do turno pelo melhor saldo de gols (41 contra 36), mas pode acabar beneficiando o Real Madrid, terceiro colocado, que se aproximaria a três pontos de ambas as equipes se vencer neste domingo o Espanyol (11º).

O treinador argentino do Barcelona, Gerardo Martino, decidiu deixar no banco as duas estrelas da equipe: o compatriota Lionel Messi e o brasileiro Neymar, que entraram no segundo tempo. Com isso, o ataque foi formado pelo chileno Alexis Sánchez, Pedro Rodríguez e Cesc Fábregas.

Messi, que havia jogado 25 minutos na última quarta-feira e marcado dois gols na goleada por 4 a 0 sobre o Getafe, pelas oitavas de final da Copa do Rei, entrou no início do segundo tempo, enquanto Neymar jogou apenas os últimos 25 minutos.

O argentino teve a oportunidade de dar a vitória ao Barcelona aos 36 minutos, quando conseguiu entrar na área e finalizar, mas o goleiro belga Thibaut Courtois fez boa defesa.

O Atlético teve a primeira grande chance de abrir o placar, aos 28 minutos de jogo, quando o brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa chutou com força, mas a bola foi para fora.

No restante da partida, nenhuma das equipes se destacou e o empate acabou sendo um resultado justo.

Um dos destaques do Atlético de Madri foi o turco Arda Turan, que comandou o meio de campo e armou os contra-ataques, principalmente no segundo tempo, quando tocou para Diego Costa finalizar, mas o chute acabou saindo muito fraco.

Já o Athletic consolidou-se na quarta colocação, a última que dá direito a uma vaga na Liga dos Campeões, com uma goleada por 6 a 1 em casa sobre o Almeria (15º).

Mikel Rico, aos 6 minutos, Ander Herrera, aos 11, e o francês Aymeric Laporte, aos 30 marcaram para a equipe basca, antes de o português Helder Barbosa, aos 34 diminuir para 3 a 1.

No segundo tempo, o Athletic continuou dominando e sua superioridade foi premiada com um gol de Aritz Adúriz e dois de Ibai Gómez , que fechou a humilhante goleada sobre um Almeria que praticamente não jogou.

Este triunfo permite aos 'Leões' consolidarem a quarta colocação, com uma vantagem provisória de quatro pontos sobre o quinto, a Real Sociedad, que joga na segunda-feira com outra equipe que também briga por uma vaga nas competições europeias, o Villarreal (6º).

A vitória foi a primeira de 2014 para o Athletic, que começou mal o ano com duas derrotas, no último fim de semana para a Real Sociedad  por 2 a 0, no clássico basco, e na quarta-feira diante do Betis por 1 a 0, na partida de ida das oitavas de final da Copa do Rei.

Já o argentino Juan Antonio Pizzi sofreu a primeira derrota como treinador do Valencia, por 2-1 fora de casa para o Celta de Vigo (14º).

O Valencia saiu na frente aos 23 minutos por meio de Dani Parejo, mas o Celta virou graças aos dois gols do brasileiro Charles, aos 5 e 33 do segundo tempo.

A última partida deste sábado terá o Sevilla (7º) enfrentando o Elche (17º).

A+ A-