Sub-20: ABC vence e conquista o título invicto

Conquista garantiu vaga à Copa São Paulo de futebol júnior ano que vem.

Jogando na noite do sábado (25), a equipe Sub-20 do ABC derrotou o Alecrim por 2 a 0 e conquistou o título de campeão estadual da categoria. Com dois gols do meia Rodriguinho, os garotos comandados por Didi Duarte confirmaram a superioridade mostrada durante todo o campeonato e de forma invicta, levantaram mais uma taça para o Alvinegro no ano de 2007.

Foram 13 partidas, com 11 vitórias e apenas dois empates. Disparado a melhor equipe da competição, o Mais Querido teve a defesa menos vazada, com apenas cinco gols sofridos, e o artilheiro do campeonato, João Paulo, com 15 gols. A conquista garante o ABC na Copa SP 2008.

O jogo

Como todo jogo de decisão a partida começou com as duas equipes se estudando bastante e sem arriscar muito. Com a vantagem de jogar pelo empate e até a possibilidade de perder por 1 a 0, o ABC era mais tranqüilo em campo e tocava melhor a bola.

Precisando do resultado, o Alecrim tentava de todas as maneiras furar o bloqueio montado pelo professor Didi Duarte, que colocou o Alvinegro no esquema 3-6-1, com João Paulo sozinho no ataque. Aos poucos, as chances de gol foram surgindo pra os dois lados, mas as defesas e os goleiros trabalhavam bem e impediam a abertura do placar.

Jogando em casa e com o apoio da Frasqueira, que enchia o Frasqueirão, o Mais Querido foi envolvendo o Alecrim e chegou ao gol aos 32 minutos da etapa inicial. Rodriguinho cobrou falta da entrada da área, a bola desviou na barreira e enganou o goleiro alviverde. 1 a 0. Três minutos depois o lateral Pedro tentou de fora da área, mas a bola passou por cima da trave.

Após o gol o time alecrinense melhorou e passou a pressionar. Por pouco não empatou a partida com Serginho e com Daniel. Em ambas a bola passou muito próxima do gol de Gleibson. Aos 42 minutos, João Paulo quase marca um belo gol. O atacante recebeu passe do escanteio, fintou seu marcador e entrou na área, o artilheiro da competição bateu forte, mas a bola passou à esquerda do gol. Fim do primeiro tempo.

Na volta do intervalo, o Alecrim veio para cima na tentativa de reverter o placar. Com um minuto de jogo quase o empate. A bola explodiu no travessão de Gleibson. O time alviverde dominava o jogo, mas sem organização, desperdiçava várias chances com tentativas de fora da área ou em finalizações equivocadas. O goleiro alvinegro Gleibson impedia de todas as formas a igualdade no marcador. O ABC se defendia e saia nos contra-ataques.

Aos 33 minutos um lance que mudou a história do segundo tempo. O zagueiro Rafael perdeu a bola na intermediária para João Paulo, que avançou e ao entrar na área foi derrubado pelo defensor do Alecrim. Pênalti, e Rafael foi expulso. O capitão Rodriguinho foi para cobrança e com categoria colocou a bola num canto e goleiro no outro. 2 a 0 e festa na Frasqueira.

Depois do gol, o Alviverde ainda teve o atacante Cleiton Nobre expulso. No final, com dois jogadores a mais em campo, os garotos alvinegros só tocaram a bola esperando o fim do jogo.

Fonte: www.abcfc.com.br
A+ A-