Estádio Estrela dos Reis Magos é destaque na proposta do RN

O estádio será construído em uma área de 80 hectares, próximo ao Aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim.

"Copa do Mundo 2014. O Rio Grande do Norte e Natal esperam essa alegria". Esta mensagem encerrou o vídeo institucional mostrado pela equipe do Governo do Estado durante a apresentação da candidatura de Natal para ser sede do Mundial à comitiva de inspetores da Fifa, na última sexta-feira (24), no Hotel Windsor Barra, no Rio de Janeiro. 

De fato, a capital potiguar tem como armas a força no turismo, com a rede hoteleira de qualidade; a tranqüilidade, com a segurança bem preparada; e a localidade, proximidade com Europa. Mas o quesito que mais se destacou foi mesmo o projeto do estádio Estrela dos Reis Magos.

"Fizemos tudo que estava ao nosso alcance e a apresentação foi muito boa. Mostramos os atrativos da cidade e o novo estádio, que foi o grande diferencial da nossa proposta", ressaltou Miguel Weber, secretário estadual de Esporte e Lazer, que comandou a equipe levada pelo Rio Grande do Norte, que ainda teve o cardiologista Nelson Solano (saúde), diretor do Hospital do Coração; o coronel Erland Correia Mota (segurança), chefe da Inteligência da Secretaria de Segurança; o arquiteto Gley Karlys; Armando José, secretário-adjunto de Turismo; e Delevan Melo, secretário-adjunto de Infra-estrutura. 

Gina Robinson, coordenadora de promoção internacional da Secretaria Estadual de Turismo, foi quem abriu a apresentação do RN. João Henrique Bahia, secretário-adjunto, e Conrado Silva, coordenador de Esporte e Lazer, também participaram da apresentação.

O arquiteto Gley Karlys, durante a apresentação da candidatura, afirmou que o estádio será construído em uma área de 80 hectares, próximo ao Aeroporto Internacional Augusto Severo, com capacidade para 65 mil pessoas, e mantendo uma área de preservação ecológica. "Teremos também uma estação de tratamento de esgotos e resíduos sólidos", revelou.

Este fator foi ressaltado pelo espanhol Jaime Yarza, da comissão da Fifa. "Esse pensamento ecológico é importante. A riqueza da fauna e flora do Brasil é muito grande. Tentamos fazer uma 'Copa verde' na Alemanha. Essa é a nossa idéia. Então, temos que parabenizá-los pelo projeto de ter um estádio ecologicamente correto", declarou.

A estrutura do estádio também foi bastante elogiada. O arquiteto Gley Karlys foi questionado pelo suíço Walter Gagg, responsável pela segurança e pelos estádios da Fifa, sobre a existência de alambrados no projeto. "Não teremos grades. Teremos uma tela transparente, de policarbonato, facilitando a visibilidade de quem estiver até 30 cadeiras acima da linha do campo", lembra. "Não gostamos de fosso e de alambrado, por uma questão de segurança. A solução de vocês é muito interessante", comentou Gagg.

Durante o vídeo de apresentação, que teve 15 minutos, o Governo do Estado enfatizou obras importantes de infra-estrutura, como a construção da Ponte de Todos Newton Navarro, a Via Metropolitana e o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, além da duplicação da BR 101, ligando Natal a Recife e Alagoas. O Carnatal, a hospitalidade do povo potiguar, a vocação da cidade e do Estado para o turismo e a proximidade com a Europa e os Estados Unidos também foram ressaltados. 

*Com informações Assecom
A+ A-