Clubes prestam solidariedade a Vadão, ex-técnico da seleção feminina

Treinador de futebol está internado no Albert Einstein, em São Paulo, para tratamento de câncer.

Da redação, Agência Brasil,
Assessporia/CBF
Vadão, de 63 anos, está internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Diversos clubes do futebol brasileiro vêm manifestando solidariedade ao técnico Vadão, ex-treinador da seleção brasileira feminina de futebol. Vadão, de 63 anos, está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Albert Einstein, em São Paulo (SP), por causa de complicações decorrentes de um câncer no fígado, diagnosticado no início deste ano. Somente ontem (20) a notícia da internação veio a público.

Com forte ligação com o interior paulista -  principalmente com  a Ponte Preta e o Guarani - o Senhor dos Dérbis, como é conhecido, recebeu mensagens de apoio, no Twitter, de ambas as instituições.

“O técnico Osvaldo Alvarez, mais conhecido como Vadão, está passando por um momento complicado de saúde. Nos momentos bons e ruins de nossa história, sempre estivemos juntos e, agora, não será diferente. A Maior do Interior está contigo, Vadão! #ForçaVadão”, desejou o Bugre ao treinador que participou da campanha do vice-campeonato da Série B.

A Macaca publicou: "“A Ponte Preta deseja melhoras ao técnico Vadão e se une à família e amigos, torcendo por uma rápida recuperação do treinador que trouxe tantas alegrias à torcida pontepretana. Força, Vadão! Estamos com você. #JogamosJuntos”.

Tags: câncer no fígado internação Vadão
A+ A-