‘Não é garantido que ela vai sair este ano’, diz André Prudente sobre vacina contra covid-19

Diretor do Hospital Giselda Trigueiro afirma que somente daqui a quatro meses é possível ter certeza.

Flávio Oliveira,
Reprodução/Youtube
Diretor do Hospital Giselda Trigueiro, infectologista André Prudente, concedeu entrevista nesta terça-feira para o jornalista Diógenes Dantas.

A tão esperada vacina contra a covid-19 vem sendo pesquisada por diversos laboratórios em todo o mundo, mas embora tenham surgidos anúncios otimistas sobre o desenvolvimento de um imunizante, o diretor do Hospital Giselda Trigueiro, André Prudente, mantém cautela sobre o assunto.

“A gente só vai ter certeza se vai ter vacina realmente nos próximos meses daqui a uns quatro mais otimistas, cinco meses, a gente pode ter uma visão melhor. A gente torce para que tenha, mas lembrar: não é garantido que ela vai sair. A gente tem que lembrar que já passou na fase 1, na fase 2 e deu tudo certo. Agora está na fase 3 e se der tudo certo, é liberada e entra em fase 4”, disse o infectologista durante entrevista para o jornalista Diógenes Dantas, no Jornal 96 desta terça-feira (4).

O médico também se posicionou contrário ao uso de bebidas alcoólicas em ambientes públicos, por acreditar que o consumo pode deixar as pessoas mais displicentes nos cuidados sanitários. “A bebida alcoólica não é interessante porque a experiência mostra que quem está alcoolizado fica mais descuidado. Fica mais descuidado com a higiene, com a segurança pessoal, em usar máscara, o que dirá usar álcool em gel, em manter distanciamento social. Realmente o álcool não contribui com nada nesse momento”, comenta Prudente.

O infectologista também se disse contra a volta das atividades presenciais nas escolas. “O retorno às aulas acho que precisa ser bem pensado para voltar em um momento ideal. A gente ainda não está nesse momento, já que em algumas cidades a taxa de transmissão é muito elevada ainda”, ponderou.


Confira a entrevista:


Tags: entrevista
A+ A-