Maior número de candidaturas é reflexo das novas regras eleitorais, analisa Marcos Alexandre

Jornalista comentou cenário político em Natal no programa Diário da Manhã, com Diógenes Dantas.

Da redação,
Reprodução
Jornalista Marcos Alexandre comentou o cenário eleitoral de Natal no programa Diário da Manhã, com Diógenes Dantas.

O número de candidaturas para Prefeitura do Natal neste ano será o dobro do registrado nas últimas eleições municipais ocorridas em 2016. Ao todo, 14 nomes foram lançados para corrida eleitoral na capital potiguar. Para o jornalista Marcos Alexandre, esse aumento de chapas majoritárias é um reflexo da nova legislação eleitoral. O comunicador participou na manhã desta segunda-feira (21) do programa Diário da Manhã, com o também jornalista Diógenes Dantas.

“A legislação eleitoral foi mudada em 2017 e tem implicações pela primeira vez este ano. Porque está proibida pela primeira vez as coligações proporcionais para vereador. Nas majoritárias, pode. Quem é candidato a prefeito pode fazer aliança, mas quem é candidato a vereador, não pode. Isso tem um reflexo nas duas eleições, porque os partidos adotaram como estratégia dar vitrine a seus candidatos a vereadores. Faz parte também dessa tática partidária, de formar boas bancadas. Com os partidos ligados na majoritária, haveria pouca exposição dos candidatos a vereador. Então muitos partidos preferiram lançar candidatura própria porque é uma forma de puxar, colocar na vitrine também os candidatos a vereador. Então isso tem um reflexo nessa enormidade de candidaturas que estamos vendo em Natal e em outras capitais do Brasil”, comentou Marcos Alexandre.

O jornalista destacou que as novas regras provocaram essa “pulverização”. “Quatro anos atrás, o candidato que fosse do partido A, por exemplo, podia eleger o candidato do partido B, mesmo que o partido B tivesse poucos votos, por conta da aliança. O chamado coeficiente eleitoral puxava também os candidatos de outros partidos. Agora não é mais assim, cada partido só vai poder eleger os seus candidatos e por isso essa pulverização de candidaturas”, analisa Marcos.

No programa também foi realizado um balanço de todos os nomes que disputam a cadeira no Executivo municipal.


Confira o vídeo:


Tags: Diário da Manhã
A+ A-