Governo libera o retorno das vaquejadas no Rio Grande do Norte

Evento será restrito a competidores e organizadores, sem a presença de público, por causa do atual cenário da pandemia.

Da redação,
Gerlane Lima
Secrtetário estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, durante entrevista nesta terça-feira ao Jornal 96.

O Governo do Rio Grande do Norte publicou uma portaria no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (8), liberando e estabelecendo as regras para realização de vaquejadas no Estado. De acordo com o documento, os eventos estão restritos aos organizadores e competidores, sem presença de público, e observados os protocolos sanitários estabelecidos nas Portarias Conjuntas GAC/Sesap/Sedec nº 002, de02 de março de 2021 e nº 016, de 30 de julho de 2020.

A autorização para realização das vaquejadas restringe-se à atividade esportiva e seus competidores, proibida, em qualquer caso, a realização de festas ou eventos de massa. Segundo a portaria, os organizadores dos eventos se responsabilizarão pela observância de todos os protocolos sanitários estabelecidos, bem como das regras de funcionamento dispostas na portaria.

Em entrevista na manhã de hoje ao Jornal 96, o secretário de Estado da Tributação, Carlos Eduardo Xavier, explicou que durante o dia de ontem (7), representantes do governo e do setor de vaquejadas estiveram reunidos para discutir a liberação desses eventos, com uma série de restrições. “A primeira delas é que as vaquejadas ocorrerão somente nos municípios que estiverem com o indicador composto verde ou amarelo. Esse indicador é usado pela Sesap para medir a pandemia nos municípios”, explicou.

O secretário também afirmou que competidores de municípios com indicador laranja ou vermelho não poderão participar dos eventos. “Sabemos da importância desse segmento, principalmente no interior do Estado e o governo promoveu uma discussão ampla para dar condições desse retorno da forma mais segura possível”, acrescentou. As vaquejadas não terão presença de público.

Quanto à renovação do atual decreto estadual que vencerá amanhã (9), Carlos Eduardo disse que um novo documento está sendo elaborado pelo governo estadual e deverá ser publicado no final do dia de hoje ou início desta quarta-feira. "Não podemos abrir mão dos protocolos sanitários", frisou.


Confira a entrevista:

Tags: Carlos Eduardo Xavier Governo do Estado liberação de vaquejadas
A+ A-