Com 9 assinaturas, CPI das Ambulâncias é protocolada na Assembleia Legislativa

Para ser instalada, ela depende ainda de uma deliberação do presidente da Casa, Ezequiel Ferreira.

Da redação,
Reprodução
Após 60 dias de investigação, deputado Gustavo Carvalho reúne assinaturas para instalação da CPI das Ambulâncias na AL.

O deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB) já coletou nove assinaturas, das oito necessárias para a instalação da “CPI das Ambulâncias” na Assembleia Legislativa. A comissão terá como objetivo investigar o contrato do Governo do Estado, no valor de R$ 8, 5 milhões para serviço de transporte sanitário de pacientes com covid-19 durante a pandemia.

Gustavo Carvalho critica o contrato e alega ter encontrado irregularidades durante os 60 dias em que vem investigando o caso.

“O contrato 080/2020 trata-se de chamada pública em que apenas uma empresa participou do certame. No nosso poder de fiscalização, encontramos várias aberrações. Uma delas é que, em apenas 60 dias, a empresa mudou de endereço três vezes. Outra, é que a empresa tem um capital social de apenas R$ 100 mil, registrado na Receita, e tem como objetivo a coleta de lixo, a gerência de estacionamento privado, além de construção e demolição”, destacou o deputado, em entrevista nesta terça-feira (15) ao jornalista Diógenes Dantas.

Segundo o parlamentar, a empresa, em momento algum, cita como objeto o aluguel de ambulâncias, bem como a disponibilização de equipes médicas, com paramédicos e enfermeiros. Gustavo Carvalho afirmou também que a empresa não possui um só registro de veículo no Detran do Rio Grande do Norte, enquanto o contrato, no artigo 15, exige que os veículos bem como os serviços sejam terceirizados, mas sim oferecidos pela empresa vencedora.

Gustavo Carvalho informou que, pelo contrato, o governo alugaria seis ambulâncias, durante seis meses. “Se o contrato fosse feito dentro dessa previsibilidade, cada ambulância custaria ao nosso governo R$ 237 mil/mês – a ambulância, a equipe de profissionais e os equipamentos constantes nos veículos”, disse.

O deputado explicou que, diante do número de assinaturas exigido pelo Regimento Interno da Assembleia Legislativa, a CPI foi protocolada e agora depende de uma deliberação por parte do presidente da AL, Ezequiel Ferreira de Souza, para ser instalada.


Confira a entrevista:

Tags: CPI das Ambulâncias entrevista Gustavo Carvalho Jornal 96
A+ A-