Pesquisa mostra empate técnico entre Carlos Eduardo e Rogério Marinho

Instituto Seta ainda testou cenários com e sem a presença do deputado Rafael Motta, que apareceu em terceiro lugar com 8,7%.

Da redação,
Reprodução
O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, e o ex-ministro do Desenvolvimento Regional e ex-senador do Rio Grande do Norte, Rogério Marinho.

A pesquisa do Instituto Seta para a disputa do Senado pelo Rio Grande do Norte divulgada ontem (22) mostra que Carlos Eduardo Alves (PDT) e Rogério Marinho (PL) estão tecnicamente empatados na liderança. Contudo, existe uma pequena vantagem para o ex-prefeito de Natal.

Para a pesquisa o Seta testou dois cenários: um com a participação do deputado Rafael Motta (PSB) e outro sem a presença dele.

No primeiro cenário, Carlos Eduardo aparece com 18,3%, seguido por Rogério Marinho (15,7%) e Rafael Motta (8,7%). Ainda aparecem os nomes de Ney Lopes Souza (4,4%), Freitas Júnior (3,3%), Dario Barbosa (2,3%) e Shirley Medeiros (1,2%).

senado-23-06

Neste cenário, 26,7% dos entrevistados afirmaram que votarão branco ou nulo e 19,6% disseram não saber em quem votar.

Já a pesquisa sem o nome de Rafael Motta apontou que Carlos Eduardo chega a 20% das intenções de voto para o Senado, enquanto Rogério Marinho detém 16,5%.

senado-2-23-06
A pesquisa Seta entrevistou 1.500 pessoas entre os dias 17 e 19 de junho. A margem de erro é 2,7 pontos percentuais, com nível de confiança de 95%. Os registros na Justiça Eleitoral são o BR-00279/2022 e RN-02313/2022.

Tags: Eleições 2022 Poder Política Rio Grande do Norte
A+ A-