Bruno Covas vence eleição para prefeitura de SP

Neste segundo turno, candidato do PSDB derrotou Guilherme Boulos, do PSOL.

Da redação, Agência Brasil,
Reprodução/TV Brasil
Candidato à reeleição, Bruno Covas, quando votou, pela manhã, no Colégio Vera Cruz, na zona oeste de São Paulo.

O candidato Bruno Covas (PSDB) venceu a eleição para prefeito da capital paulista com 59,45% dos votos válidos. Guilherme Boulos (PSOL) ficou em segundo lugar, com 40,55% dos votos válidos. 

Até agora foram apurados 93,68% das urnas.

Bruno Covas, candidato da coligação Todos por São Paulo (PP / MDB / Podemos / PSC / PL / Cidadania / DEM / PTC / PV / PSDB / PROS)  tem 40 anos e ensino superior completo. Ele declarou R$ 104,9 mil em bens.

Já o candidato derrotado, Guilherme Boulos, da coligação Pra Virar o Jogo (PCB / PSOL / UP) é professor de ensino superior e tem 38 anos. Ele declarou R$15,9 mil em bens.

Guilherme Boulos

O candidato derrotado, Guilherme Boulos (PSOL), agradeceu os votos recebidos e disse que sua participação no segundo turno mostra que São Paulo deseja mudança. Ele recebeu 40,62% dos votos válidos ou 2,168 milhões de votos.

"Eu quero cumprimentar o Bruno Covas [prefeito eleito] e desejar que ele tenha sorte nos próximos quatro anos e que, acima de tudo, governe a cidade sabendo que uma imensa parcela da sociedade quer mudança, quer que a periferia seja tirada do abandono, tenha vez e voz", disse. 

O candidato do PSOL disse ainda que vê como vitoriosa a sua campanha eleitoral. "Hoje não é fim de uma caminhada, é o começo da vitória da solidariedade sobre a indiferença, de uma política feita com amor".

Tags: Bruno Covas Eleições 2020 reeleição São Paulo segundo turno
A+ A-