Professores da Rede Municipal participam de formação com Sidarta Ribeiro

Neurocientista comentou que a ciência sempre foi um parâmetro para o desenvolvimento mundial, mas tem sido desprezada pelos governos.

Da redação,
Reprodução/Adrovando Claro
Sidarta explicou que neste período de pandemia as diferenças sociais avançaram e isso foi refletido na educação.

Com o tema “A importância da Ciência em tempos de pandemia”, a Secretaria Municipal de Educação, por meio do Departamento de Ensino Fundamental (DEF), realizou na quinta-feira (8), a Formação online da disciplina de Ciências para 70 professores da Rede Municipal, com a participação especial do neurocientista Sidarta Ribeiro, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.  

Durante a palestra, o professor doutor da UFRN comentou que a ciência sempre foi um parâmetro para o desenvolvimento mundial, mas tem sido desprezada pelos governos nos últimos 20 anos, e que ainda estão com ideias da época da idade do bronze e o resultado foi uma resposta lenta aos desafios da pandemia do novo coronavírus.

Sidarta explicou que neste período de pandemia as diferenças sociais avançaram e isso foi refletido na educação, onde alunos pobres foram prejudicados no aprendizado sem acesso às tecnologias contemporâneas. “A saída é fazer chegar internet de qualidade aos filhos das pessoas carentes e construir uma educação que satisfaça bons requisitos pela conexão de banda larga, porque a pandemia não vai passar tão cedo”, disse.  

Ele ainda ressaltou que o uso da máscara é a única certeza para conter o avanço da pandemia, e o retorno às aulas, sem vacina, é um perigo enorme de contágio em aulas presenciais.

“Não entrou na vida das pessoas uma compreensão, um problema em questão. As pessoas acham que pegar ou não pegar vírus é uma questão que Deus vai definir. Elas não estão pensando que de fato tem vírus ali, pode ter mil partículas, não estão pensando em termos concretos, elas estão pensando em termos mágicos. É muito fácil você se contaminar, se perder a atenção. A pessoa para não ser contaminada tem que seguir a questão de manter a aderência a um padrão ditado pela racionalidade, pela ciência”, finalizou.

Tags: formação professores Rede Municipal Sidarta Ribeiro
A+ A-