Governo vai prorrogar a suspensão de aulas presenciais na rede estadual

À imprensa, Fátima Bezerra afirmou hoje que, por falta de segurança sanitária, retorno não ocorrerá em 17 de agosto.

Da redação,
Reprodução/Twitter
Durante entrevista à imprensa, Fátima Bezerra disse que irá prorrogar a suspensão de aulas presenciais no RN.

SELO-CORONA-100Com retorno previsto para o dia 17 de agosto, as aulas presenciais da rede estadual de ensino deverão ser adiadas devido à falta de segurança sanitária, em face da pandemia do novo coronavírus. Em entrevista à imprensa nesta quarta-feira (29), a governadora Fátima Bezerra afirmou que a retomadas das atividades nas escolas do Rio Grande do Norte só se dará se houver um “ambiente seguro”.

"A educação é um segmento que representa 30% da população do Estado. Somadas as redes pública e privada o setor mobiliza um milhão de pessoas. Por isso, só com ambiente seguro do ponto de vista sanitário é que podermos volta às atividades", justificou a governadora, para lembrar que "a covid não acabou, o vírus continua circulando, é preciso muito cuidado". Ainda nesta quarta-feira, acontece reunião setorial com o Comitê Científico para tratar do assunto. "O mais prudente é prorrogar suspensão das aulas", declarou Fátima.

Fátima Bezerra disse também que o governo está providenciando todas as medidas dos protocolos sanitários, EPI’s, estrutura física das escolas.  Segundo a governadora, o Comitê Setorial da Educação do Estado, coordenado pelo secretário estadual Getúlio Marques, está analisando a situação para o retorno às aulas na rede pública.

A posição da chefe do Executivo estadual vai de encontro ao entendimento do prefeito de Natal, Álvaro Dias que autorizou o retorno das aulas da rede privada no dia 10 de agosto e da rede municipal no dia 14 de setembro. Ao ser questionada sobre a decisão, Fátima afirmou que "acha precipitada". 

Tags: aulas presenciais Fátima Bezerra Governo do Estado prorrogação rede estadual suspensão
A+ A-