Shoppings centers reabrem em Natal após quatro meses sem atividades

Em um dos maiores empreendimentos da capital, a movimentação foi tranquila.

Fátima Elena Albuquerque,
Fátima Elena Albuquerque
Seguindo os protocolos sanitários e de higiene, além das regras de distanciamento social, shoppings reabrem em Natal.

Após quatro meses fechados, os shoppings centers de Natal, que funcionam com sistema de ar condicionado, reabriram nesta terça-feira (28), com base na autorização para a retomada integral de seu funcionamento dada ontem (27) pela Prefeitura do Natal, por intermédio do Decreto nº 12.008, publicado em uma edição extra do Diário Oficial do Município (DOM). Movimentação durante a reabertura, em um dos principais empreendimentos da capital, foi tranquila.

O funcionamento será em horário reduzido, das 12h às 20h, todos os dias da semana. Ainda seguirão fechadas as praças de alimentação, além dos cinemas, teatros, operações de entretenimento e atividades infantis. Restaurantes, sorveterias e cafeterias vão poder atender apenas no modelo drive-thru, delivery ou take away. O serviço de valet, empréstimo de carrinhos de bebê, cadeira de rodas, carregadores de celulares e bebedouros também seguirão suspensos.

Seguindo os protocolos sanitários e de higiene, além das regras de distanciamento social, a expectativa dos lojistas é a melhor possível para essa retomada. “Depois de todos esses meses com as portas fechadas, tendo que nos reinventar e buscar outros canais de venda, vamos ver o que vai acontecer. Continuaremos tomando todos os cuidados preventivos para evitar contaminações pela covid-19 e também com a opção de vendas online paras as pessoas que ainda não se sentem seguras de vir ao shopping”, afirmou a vendedora de uma loja do Natal Shopping, que preferiu não se identificar.

temperatura-auferição-H

De acordo com o superintendente do Natal shopping, Felipe Furtado, o grupo Ancar Ivanhoe, que administra o empreendimento, implementou protocolos preventivos e investiu em tecnologias especializadas para reforçar a sanitização do equipamento e garantir que o ambiente seja um espaço ainda mais seguro para todos os seus frequentadores. “Ainda é difícil dizer como vai ser. Trabalhamos para não haver nenhuma evasão de lojista, diante desses meses fechados e todos tendo que arcar com suas contas de condomínio para que o shopping não fechasse, bem como para trazer ainda mais segurança e conforto para os nossos frequentadores”, destacou.

O shopping passa a adotar o controle do fluxo de pessoas com limitação de 30% da capacidade de ocupação por intermédio das câmeras de segurança existentes em todo o espaço do empreendimento. Caso esse limite seja atingido, os clientes terão que aguardar do lado de fora. Os acessos, segundo a administração do shopping, ocorrem pela porta principal, em frente à passarela da BR-101 e pela porta do subsolo, que dá acesso à Praça de Alimentação. O estacionamento VIP não funcionará neste primeiro momento de retomada das atividades.

sinalizações-shopping-H

No caso dos estacionamentos, as cancelas, que antes exigiam o toque no botão para liberação, passam a funcionar por aproximação, sem necessidade de contato com equipamento, reduzindo o risco de contágio. A circulação de pessoas dentro do shopping também deverá seguir fluxos. As sinalizações foram colocadas no chão, para que as pessoas possam se orientar.

“Nossa prioridade é zelar pela segurança das pessoas. Por isso, estamos atentos a todas as orientações dos órgãos de saúde e tomando todas as medidas necessárias para garantir um ambiente saudável para todos que passam diariamente no nosso shopping. Desde práticas de sanitização até serviços de apoio aos lojistas, como o delivery e drive-thru”, garante o superintendente Felipe Furtado.

escadas-shoppings-H

Já no tocante às medidas de higiene e desinfecção, no caso do Natal Shopping, elas serão implementadas a cada três horas, principalmente nas áreas muito tocadas, como corrimãos, botões de elevadores, balcões e mesas, além dos banheiros e máquinas de autoatendimento. Por enquanto, as praças de alimentação continuarão fechadas, até que o funcionamento seja autorizado pelo poder público.

É importante destacar que ao acessar os shoppings, lojistas, colaboradores, fornecedores e também clientes deverão usar máscaras e terão suas temperaturas corporais aferidas por um termômetro digital infravermelho. Todos aqueles que registrarem mais de 37,8ºC seguirão os protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e não poderão acessar o complexo de lojas.

Tags: atividades econômicas Natal reabertura retomada gratual shoppings centers
A+ A-