Sebraetec passa a oferecer serviços gratuitos para pequenos negócios

Objetivo do Sebrae é ajudar empresas a superarem o momento de crise devido coronavírus.

Da redação, Sebrae,
Divulgação
Todo o processo ocorre remotamente sem a necessidade de o empresário sair de casa ou do negócio.

O Programa Sebraetec já era conhecido dos empreendedores por subsidiar serviços na área da inovação tecnológica com contrapartidas de até 70% do valor total do serviço prestado pelas empresas credenciadas. Devido às medidas adotadas para minimizar os impactos da crise gerada pelo coronavírus às empresas de pequeno porte, o Sebrae no Rio Grande do Norte decidiu arcar completamente como os custos dos serviços na área de design de comunicação em caráter temporário. O empreendedor poderá solicitar até três dos dez tipos diferentes de serviços ofertados nessa ação.

Todo o processo, desde a contratação até o contato com os prestadores de serviços, ocorre remotamente sem a necessidade de o empresário sair de casa ou do negócio. Os serviços já podem ser contratados, através da página criada para ajudar os pequenos negócios a superar a crise da Covid-19: https://material.rn.sebrae.com.br/coronavirus.

De acordo com a gestora do Sebraetec no RN, Michelli Trigueiro, a medida foi reforçada após confirmação junto as empresas cadastradas no programa e prestadoras de serviços nessa temática, que é um tipo de serviço que se enquadra nos parâmetros de disponibilidade de atendimento remoto. Sendo assim, o empreendedor pode solicitar gratuitamente até três dos nove dez serviços listados, através de um formulário acessado no site já mencionado ou nas redes sociais do Sebrae.

As demandas são repassadas também virtualmente a uma empresa do setor de design de comunicação que vai executar o serviço remotamente. É possível contratar os seguintes tipos de serviços especializados: Arte para cartão de visita digital, Arte para postagens nas mídias sociais (1 padrão gráfico com 7 variações), Arte para padronização do Facebook, Arte para divulgação via WhatsApp, Arte para banner virtual, Arte para e-mail marketing, Arte de Voucher para compras antecipadas, Arte de uniforme para Delivery, Arte de etiqueta para embalagem delivery e Arte de cardápio virtual (com até 10 produtos, sem imagem/foto, apenas com padrões gráficos seguido de lista de ofertas).

Caso o empreendedor deseje os projetos gráficos com imagens próprias, ele deverá fornecer em alta resolução. Pela agilidade do processo, é possível utilizar somente uma imagem por peça gráfica pela necessidade de tratamento. “O empresário deverá fornecer todas as informações que a empresa cadastrada solicitar no primeiro contato para viabilizar a entrega em até 24 horas, exceto nas sextas-feiras e fins de semana quando a entrega se dará no próximo dia útil. Caso contrário, será considerada desistência. O empreendedor receberá as artes via WhatsApp ou e-mail, com os arquivos vetoriais e imagem, limitando-se a três demandas ou peças gráficas por CNPJ”, explica Michelli Trigueiro.

O Sebraetec oferece serviços especializados em diversas área a com um custo diferenciado. O programa Sebraetec disponibiliza soluções em quatro áreas - produção e qualidade, design, sustentabilidade e desenvolvimento tecnológico– que são prestados por uma rede de empresas contratadas para prestar esses serviços, uma garantia da qualidade da entrega e resultado final. E o melhor é que o empreendedor só paga 30% do valor total do custo apresentado. O Sebrae subsidia os 70% restantes, de forma não reembolsável. Nessa ação emergencial, o empreendedor não paga nada se optar por um dos serviços. 

Tags: coronavírus pandemia Sebraetec serviços gratuitos
A+ A-