PIX ganha função para ajustar limite de transações; veja as novidades

Pix por aproximação e conta salário são algumas funções do sistema que estarão disponíveis em breve.

Da redação, Estadão Conteúdo,

pix_novidade_370Clientes das instituições financeiras que aderiram ao PIX já podem realizar o ajuste do limite de transferência feitas pelo meio de pagamento diretamente nos próprios aplicativos. A medida, instituída em 1º de abril, visa garantir aos usuários uma melhor gestão dos seus recursos.

Segundo o relatório “Prime-time for Real Time”, feito pela ACI Worldwide em parceria com a GlobalData, mais de 70,3 bilhões de pagamentos instantâneos foram realizados em 2020.

Com a chegada do PIX, o Brasil entrou no ranking dos 10 países que mais geram transações deste tipo. Houve 1,3 bilhão de transações, o que representa um aumento de 58% na comparação com 2019.

O Banco Central estabeleceu um padrão de tempo para que as solicitações sejam respondidas. Para os pedidos de redução do limite, a autoridade monetária determinou que as requisições devem ser atendidas imediatamente.

Já as solicitações de aumento de limite foram divididas em duas partes. Caso o valor solicitado seja compatível com os limites para TED e cartão de débito, a instituição deve atendê-las até 7h do dia útil seguinte.

Tags: Banco Central PIX
A+ A-