Pesquisa do Banco Central eleva projeção para o PIB de 2008

Com relação ao crescimento da produção industrial, os analistas de mercado mantiveram a projeção de 5,22% para 2007.

O mercado financeiro aumentou a projeção de crescimento da economia para o próximo ano. De acordo com o Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (19) pelo Banco Central (BC), a estimativa para o Produto Interno Bruto (PIB), soma de todas as riquezas produzidas no país, passou de 4,32% para 4,37%. A projeção para este ano, entretanto, foi mantida em 4,70%.

Com relação ao crescimento da produção industrial, os analistas de mercado mantiveram a projeção de 5,22% para 2007. No próximo ano, o resultado esperado é de aumento de 4,50%, a mesma estimativa anterior.

Para o investimento estrangeiro direto, os analistas têm expectativas de que chegue a US$ 33 bilhões no ano, a mesma estimativa anterior. A previsão para 2008 também permaneceu estável em US$ 25 bilhões.

Os analistas de mercado mantiveram as projeções para a taxa básica de juros (Selic) este ano em 11,25% e em 10,25%, no próximo ano.

Os analistas de mercado reduziram a estimativa para o superávit da balança comercial de US$ 40,79 bilhões para US$ 40,78 bilhões para o 2007. Em 2008, o resultado esperado é de US$ 34 bilhões, a mesma previsão anterior.

A projeção para o saldo de conta corrente, que envolve todas as transações comerciais e financeiras com o exterior, caiu de US$ 8,80 bilhões para US$ 8,60 bilhões, em 2007. Para o próximo ano, a estimativa subiu de US$ 2,21 bilhões para US$ 2,42 bilhões.

Os analistas mantiveram estável a estimativa para a taxa de câmbio em R$ 1,75 este ano. Em 2008, a previsão é que a taxa de câmbio fique em R$ 1,80, ante a projeção anterior de R$ 1,85.

Fonte: Agência Brasil
A+ A-