Pernambuco concede licença ambiental para Petrobras construir refinaria

O projeto da refinaria, que deverá processar 200 mil barris de petróleo por dia, tem conclusão prevista para 2010.

A Petrobras já está autorizada a iniciar as obras de construção da refinaria de petróleo Abreu e Lima, no Porto de Suape, na região metropolitana de Recife.

A licença de instalação do empreendimento, concedida pela Agência Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, foi repassada hoje (27) pelo governador Eduardo Campos ao gerente de suporte da refinaria, João Batista Aquino, durante solenidade no Palácio do Campo das Princesas.

O próximo passo será a contratação de trabalhadores pelas quatro empresas de engenharia que integram o consórcio vencedor da licitação, a fim de dar início aos serviços de terraplenagem, instalação de tubulações, sistemas elétricos e hidráulicos, que devem durar dois anos.

O presidente da Agência, Hélio Gurgel, explicou que mo dia 4 de setembro será iniciado o processo de preparação do terreno, numa área de 630 hectares. "Nesse dia está prevista a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no local onde a refinaria será erguida, com investimento de US$ 4,5 bilhões, tanto da Petrobras quanto da PDVSA, a estatal petrolífera da Venezuela", destacou.

Gurgel disse ainda que o início das atividades movimentará a economia local, com a contratação de empresas fornecedoras de alimentação, uniformes, equipamentos de proteção destinados aos operários, além de peças de reposição para as máquinas.

Uma das exigências para concessão da licença de instalação, acrescentou, foi a liberação de 0,5% do montante do investimento, o equivalente a R$ 40 milhões, para a recuperação de áreas degradadas no plano de compensação ambiental.

O projeto da refinaria, que deverá processar 200 mil barris de petróleo por dia, tem conclusão prevista para 2010.

* Fonte: Agência Brasil.
A+ A-