Peixes estão mais caros

Aumento de preços chega a 3,40% para peixes e até 33,3% para bacalhau. Em cada estabelecimento, os preços se diferenciam em até 100%.

Marília Rocha ,
Os peixes estão mais caros esse ano, essa foi a afirmação que o Procon Municipal de Natal antecipou para os clientes após pesquisa em 21 estabelecimentos, entre supermercados e Mercado do Peixe. E a culpa é novamente da crise financeira internacional que fez retrair o consumo em todo o mundo e aumentar o valor dos alimentos.

A pesquisa foi feita semana passada, em decorrência da proximidade com a Semana Santa, mas segundo o Procon não há como prever se vai haver reajuste no valor dos peixes nos próximos dias. O resultado da pesquisa apresenta que é nos supermercados onde estão os maiores índice de preços de peixes, uma média de 16,5% de aumento em relação ao ano passado. Já no canto do mangue, o aumento médio foi de apenas 0,60%.

Em relação ao preço dos pescados, a diferença pode chegar até a 100%. Confira a tabela:

Pescado Maior preço (R$) Menor preço (R$) Diferença
Castanha, inteiro (kg) 8,61 (supermercado) 4,13 (hipermercado) 108%
Atum, posta (kg) 16,19 (hipermercado) 8,00 (Mercado do Peixe) 102%
Cavala, posta (kg) 23,73 (supermercado) 12,00 (Mercado do Peixe) 98%
Cioba, inteiro (kg) 19,39 (hipermercado) 10,00 (Mercado do Peixe) 94%
Cioba, posta (kg) 23,11 (supermercado) 12,00 (Mercado do Peixe) 93%
Atum, inteiro (kg) 11,39 (hipermercado) 6,00 (Mercado do Peixe) 90%

O bacalhau também mudou de preços. Os do tipo Imperial do Porto estão mais baratos esse ano, com uma deflação de 21,3% e variam de R$ 39,90 a R$ 48,99. Já os bacalhaus do tipo Saith está mais caro 33% e Ling 14%. Abaixo, a tabela com a diferença de preços que chega a 48%.

Bacalhau Maior preço (R$) Menor preço (R$) Diferença
Bacalhau Saith (kg) 21,99 (supermercado) 14,88 (hipermercado) 48%
Bacalhau Ling (kg) 41,90 (hipermercado) 29,98 (hipermercado) 40%
Bacalhau Imperial do Porto (kg) 48,99 (supermercado) 39,90 (hipermercado) 23%



A+ A-