Mossoró terá UTI neonatal

Casa de Saúde Dix-sept Rosado implantará seis leitos até outubro próximo.

Redação,
A situação alarmante de mortes de bebês por falta de uma UTI neonatal em Mossoró vem sendo denunciada por médicos, pela população e pelo Ministério Público há muito tempo, chegando até mesmo a uma medida desesperada por parte do promotor da Saúde e da Cidadania de Mossoró, Guglielmo Marconi de Castro que declarou ao Nominuto.com que "quem puder que saia de Mossoró", mas uma solução pode amenizar a situação.

Segundo informações da diretoria da Casa de Saúde Dix-sept Rosado (CSDR) foi iniciada a adaptação de instalações para acomodar a UTI neonatal e esta será implantada até outubro próximo. A unidade, que segue normas de arquitetura hospitalar do Ministério da Saúde, atenderá crianças recém-nascidas prematuramente ou com complicações, tanto de Mossoró quanto de municípios vizinhos.

De acordo com o administrador da CSDR, Fábio Luís Ricarte, inicialmente haverá seis leitos, com perspectivas de ampliação para 10 ainda nos primeiros anos, no mesmo andar do centro obstétrico e próximo à maternidade para facilitar o acesso. A partir daí, destaca Fábio, não haverá necessidade de se transferir crianças para Natal ou
Fortaleza.

Das 3.377 crianças nascidas na CSDR de janeiro a julho deste ano, 126 eram prematuras e sete destas precisaram de atendimento intensivo em Natal. "O índice não é alto. É baixo, mas com certeza nós estaremos dando uma resposta para a comunidade, para Mossoró e para os outros municípios da região que dependem daqui", salienta o administrador.
A+ A-