Montadoras querem bancos públicos financiando veículos

Segundo presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores - Anfavea, a crise já apresenta reflexos no mercado interno.

Agência Brasil,
Vlademir Alexandre
O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Jackson Schneider, sugeriu ontem (31) ao ministro da Fazenda, Guido Mantega, e ao presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, que os bancos públicos emprestem dinheiro ao consumidor e também façam parcerias com empresas que já atuam com financiamento de veículos.

Schneider e os presidentes das maiores montadoras de veículos do país se reuniram esta tarde, a portas fechadas, com Mantega e Meirelles para discutir os efeitos das medidas anunciadas pelo governo para enfrentar a crise financeira internacional.

O presidente da Anfavea informou que o principal tema discutido foi a restituição do crédito e da liquidez para o setor automotivo.

Segundo Scheneider, a crise financeira internacional já apresenta reflexos no mercado interno. "O atual cenário leva a pouco financiamento. Não temos um número fechado e não sei a real dimensão, mas já sabemos que o movimento foi menor no mês de outubro", disse. "Conversamos sobre como operacionalizar as medidas de maneira ativa", completou Schneider.

De acordo com Schneider, o governo quer que as pessoas voltem a ter acesso ao crédito a partir da semana que vem.

"Estamos convencidos que são medidas necessárias e que agora precisam ser efetivas", disse, acrescentando que "os bancos públicos serão um bom reforço para o financiamento e o retorno da liquidez".


A+ A-