Mercado de criação de búfalos cresce no Brasil

Para debater setor, Natal sedia o 13º Encontro Brasileiro de Bubalinocultores, de 23 a 26 de outubro.

Da redação,
Reprodução/Youtube
Brasil conta com mais de 1,3 milhão de búfalos, criados em cerca de 16 mil fazendas espalhadas pelo país.

O rebanho brasileiro de búfalos, com cerca 1.371.000 animais em 2016, é o maior do Ocidente, sendo criado em 16 mil fazendas no país, empregando mais de 80 mil pessoas no campo e vem apresentando desde 2011 crescimento significativamente superior ao observado em bovinos, suínos, ovinos ou frangos. Em 2017, o faturamento dos criadores e indústrias chegou a um R$ 1,1 bilhão.

O búfalo fornece carne e leite. O leite de búfala tem mais gordura do que o de vaca, e está na muçarela, no queijo frescal, na ricota e na burrata. O índice de gordura da carne de búfalo é muito menor do que o da carne bovina, permitindo uma carne magra e saudável.

É criado na maior parte do país para produção de uma carne que, apesar de muito semelhante à carne bovina, possui qualidades nutritivas e funcionais distintas. São abatidos anualmente 117 mil búfalos, movimentando um mercado de R$ 448 milhões.

Como espécie de dupla aptidão, das 437 mil matrizes criadas no país, 17% são utilizadas na produção de leite que, por seu maior teor de sólidos e características especiais tem cerca de 85% da produção transformada em laticínios, num mercado R$ 666 milhões anuais.  

No Brasil, são comuns quatro raças de búfalo: uma de origem italiana, a Mediterrâneo; duas indianas, a Murrah e a Jafarabadi. E a Carabao, de origem filipina, a única adaptada às regiões pantanosas. No Brasil ela é encontrada na ilha de Marajó, no Pará, local onde os búfalos foram introduzidos no país no final do século XIX.

Para debater mais sobre o mercado, Natal vai sediar o 13º Encontro Brasileiro de Bubalinocultores, de 23 a 26 de outubro, no Hotel Ocean Palace Beach Resort, com a expectativa de 300 participantes nos quatro dias de evento. O evento conta com a assessoria de Luciana Fontes e  terá como público alvo, professores universitários, criadores de búfalos, toda cadeia da carne e do leite, além de estudantes do agronegócio de diversas partes do mundo.

De acordo com o criador desde o ano 2000 de búfalos e presidente da comissão organizadora do Encontro de Bubalinos Francisco de Assis Veloso Júnior é um mercado que está em franca expansão. 

Diversos assuntos serão abordados, dentre eles, a qualidade da carne bubalina, mercado de exportação para carne de búfalos e seus derivados e novas alternativas para o mercado do leite bubalino,

Fora as oito riquíssimas palestras sobre o tema, o ponto alto do evento será a visita a Fazenda Tapuio para conhecimento dos sistemas de pastejo rotacionado de sequeiro, incluindo os sistemas de cria e ordenha em carrossel sem ocitocina e sem bezerro. Na oportunidade, acontecerá entrega dos prêmios Mérito Criador, Mérito Empresa e Mérito Científico. Mais informações e inscrições pelo site: http://encontrodebubalinocultores.com.br/

Programação

Dia 23: 

Coquetel de recepção e apresentação de atração local. Na oportunidade, lançamento do livro “Mozzarella de Búfala”, no Ocean Palace do escritor e criador de búfalos Ângelo Citro, com 30 anos de experiência no Brasil.

Dia 24: 

Dia da carne – 09 as 13h00 - 4 palestras de 40 minutos e mesa de discussão por 1 hora. Tarde livre.

✓ Ricardo Pessoa (UFRPE) – Qualidade da carne bubalina

✓ Nestore (BUBRAS) – Mercado da carne bubalina no Brasil

✓ Armando Cadoppi (ARG) – Mercado de exportação para carne de búfalos e seus derivados

✓ André Jorge (UNESP) – Exigências nutricionais de bubalinos em condições tropicais

Dia 25: 

Dia do leite - 09 as 13h00 - 4 palestras de 40 minutos e mesa de discussão por 1 hora. Tarde livre.

✓ Adriano Rangel (UFRN) – Qualidade do leite bubalino

✓ João Rosseto (Agrodinâmica) – Custos de produção de leite bubalino a pasto

✓ Rodrigo Vasconcelos (Bufalus Agropecuaria Ltda) – Bubalinocultura leiteira como opção econômica para a Zona da Mata Sul de PE

✓ Otávio Bernardes (Fazenda Paineiras da Ingaí) – Novas alternativas para o mercado do leite bubalino

Dia 26:

Búfalo Tour – 09 as 16h00

✓ visita a Fazenda Tapuio para conhecimento dos sistemas de pastejo rotacionado de sequeiro, incluindo os sistemas de cria e ordenha em carrossel sem ocitocina e sem bezerro

✓ Utilização das culturas da Palma e Pornunça em sistema de pastejo direto

✓ Happy hour com degustação de queijos e búfalo inteiro no rolete

✓ Entrega dos prêmios Mérito Criador, Mérito Empresa e Mérito Científico

Tags: Búfalos Economia
A+ A-