Cesta Básica recua 2,39% em Natal

No acumulado do ano, a variação foi negativa de 5,28%. Já na comparação com novembro de 2013, a redução foi de 4,78%.

Gerlane Lima,

Em novembro a cesta básica de Natal passou a custar R$ 258,93 com queda de 2,39% em relação ao mês anterior. No acumulado do ano, a variação foi negativa de 5,28%. Já na comparação com novembro de 2013, a redução foi de 4,78%.

Nove itens da cesta apresentaram diminuição nos valores em novembro: banana (-7,91%), farinha de mandioca (-6,79%), feijão carioquinha (-6,11), leite in natura integral (-5,72%), óleo de soja (-2,90%), tomate (-2,46%), pão (-1,41%), manteiga (-1,35%) e carne (-0,06%). O café e o açúcar não apresentaram variação em relação ao mês anterior. Já o arroz registrou acréscimo (1,11%).

Na comparação anual, cinco produtos apresentaram variações positivas: carne bovina (14,89%), arroz (17,03%), café (12,47%), pão (5,61%) e manteiga (0,07%). Outros sete produtos tiveram queda de preço: farinha de mandioca (-35,16%), feijão carioquinha (-27,91%), banana (-27,40%), tomate (-19,84%), açúcar (-12,37%), leite in natura (-7,94%) e óleo de soja (-6,52%).

Devido à elevação do custo da cesta no mês, o trabalhador natalense cuja remuneração equivale ao salário mínimo necessitou cumprir, em novembro, 78 horas e 41 minutos para comprar os mesmos produtos que, no mês anterior exigiam a realização de 80 horas e 36 minutos. Em novembro de 2013, o tempo de trabalho necessário para a aquisição da cesta era bem maior: 88 horas e 14 minutos.

O custo da cesta em Natal comprometeu 38,87% do salário mínimo líquido, em novembro, isto é, após os descontos previdenciários. Em outubro, o percentual exigido era um pouco maior, de 39,83%. Em novembro de 2013, a parcela do salário mínimo líquido gasta com os gêneros alimentícios foi mais elevado e correspondeu a 40,83%.

Tags: cesta
A+ A-