Lançada em São Gonçalo a edição 2014 do projeto Caravana Cultural

O projeto é direcionado aos alunos das escolas públicas e vai percorrer as unidades de ensino levando cultura e educação.

Gerlane Lima,

DSC_9811(1)O Teatro Municipal de São Gonçalo do Amarante foi palco do lançamento da edição 2014 do projeto Caravana Cultural, idealizado pela Secretaria Municipal Extraordinária e desenvolvido em parceria com a Fundação Cultural Dona Militana, e apoio das Secretarias Municipais de Educação, Governo e Projetos Especiais, Comunicação e Eventos, Serviços Urbanos e Meio Ambiente e Urbanismo.

O evento aconteceu na tarde desta quarta-feira (19) e reuniu diretores de escolas municipais, coordenadores pedagógicos, estudantes e professores. A solenidade foi prestigiada pelos secretários Mada Maia Calado (Extraordinária), Flávio Henrique (Fundação Cultural Dona Militana), Marluce de Paula (adjunta Educação), Magnus Kebyo (Serviços Urbanos), Micael Moreira (Juventude, Esporte e Lazer), Jane Cleide Oliveira (Assistência Social). O prefeito Jaime Calado, em viagem a Brasília, foi representado pelo vice-prefeito Poti Neto. As vereadoras do município Valda Siqueira, Arlete Paiva e Rayure Protásio também compareceram.

Na ocasião foi apresentada a peça “Chapeuzinho Vermelho em: Combatendo as Forças do Mal”. O espetáculo educativo traz orientações sobre os riscos das drogas e tem roteiro de Gleydson Almeida, coreografia de Victor D´Melo e figurinos de Ivani Machado e Iris Florêncio, contando com a participação de artistas locais. Ainda foi exibido um vídeo educativo infantil com dicas de preservação ambiental e apresentações culturais como Galantes, Coco de Roda e Pastoril com a participação de integrantes do Grupo Folguedos.

A secretária Mada Maia Calado explicou que o projeto é direcionado aos alunos das escolas públicas e vai percorrer as unidades de ensino levando cultura e educação. “O objetivo do projeto é atingir esses estudantes que estão na fase de formação do caráter. Queremos mudar posturas e formar cidadãos, livrando esses jovens das drogas e com mais consciência ambiental”, declarou Mada.

A+ A-