Na semana do Dia do Cliente, potiguares falam sobre fidelidade e vínculo com empresas

Segundo pesquisa, 94% dos entrevistados priorizam empresas que prestam um bom atendimento.

Da redação,
Divulgação
Pesquisa conclui que os brasileiros estão aprendendo a priorizar seus valores pessoais.

Na semana do Dia do Cliente, comemorado na última quarta-feira (15), dois importantes assuntos voltam a chamar a atenção: o atendimento prestado pelas empresas e a satisfação de clientes, que buscam sempre excelência na prestação dos produtos e serviços adquiridos.

Centro de toda relação de consumo, os clientes priorizam mais por um bom atendimento. A afirmação é de 94% dos entrevistados de uma pesquisa realizada pela Hibou, que também apontou que 98% das pessoas preferem um produto de qualidade. Paralelo a isso, apenas 11% dos brasileiros estão satisfeitos com a qualidade do atendimento prestado.

Estes são alguns dos sentimentos que pairam na mente do potiguar Carlos Alberto. Ele mantém em sua residência, no Alphaville Natal, as assinaturas de internet e telefonia fixa de uma empresa que ofereceu os serviços há seis anos. "Sempre fui atendido com agilidade e presteza. Sempre me entregaram o que venderam", conta o primeiro cliente da ZAZ.

Seis anos também é o tempo em que a empreendedora Luísa Amaral pratica atividade física em uma academia de Natal. Todo esse período, segundo ela, está relacionado com algumas das características que ela mesma procura antes de contratar e manter a contratação do serviço: conforto, praticidade, gentileza e ambiente acolhedor.

Esses fatores evidenciados por Luísa são referendados por outras informações divulgadas na pesquisa da Hibou. Segundo o levantamento, um bom atendimento é sinônimo de fidelidade para 50% dos entrevistados. “A Bodytech Tirol faz parte da minha vida há tantos anos que sequer me imagino frequentando outra academia. A gente se sente lembrado e importante pelo cuidado e carinho em todos os momentos, confraternizações e ideias aplicadas lá. Somos ouvidos em nossas sugestões e isso é essencial para mim”, detalha Luísa Amaral.

A pesquisa também conclui que os brasileiros estão aprendendo a priorizar seus valores pessoais, mesmo que para isso pague um pouco mais caro pelos produtos ou serviços e por uma melhor experiência de compra, a partir de marcas socialmente responsáveis (18,2%), que apresentem eficiência (16%) e agilidade e facilidade no pagamento (12%).

Tags: clientes vínculo com empresas
A+ A-