Irmãos vão a desfile e sonham com a vida militar

Jhonathan, 4, e Jefferson, 3, foram com os avós acompanhar o desfile na praça Cívica.

David Freire,
“Quero ser soldado policial quando crescer”. O sonho em ingressar nas fileiras da Corporação militar faz parte da vida dos irmãos Jhonathan Oliverkan de Oliveira, 4, e Jefferson de Oliveira, 3, que foram acompanhar – junto aos avós - o desfile na praça Cívica nesta sexta-feira (7) onde foi comemorada a independência do Brasil.

Devidamente “trajados” com a farda do Exército, as crianças tiveram o incentivo familiar para gostar do militarismo. “O pai deles é militar e desde cedo eles gostam dessas coisas de polícia”, disse Maria José Silvino, avó das crianças.

Com certa timidez, os garotos mostravam gestos semelhantes ao de uma marcha e quando viam alguma viatura ou policial logo ficavam ansiosos. “Olha vó, olha! Lá vai o policial”, alertavam as crianças quando viram os policiais.

A avó contou que os netos já desfilaram no colégio e este é o segundo ano que acompanham o desfile do sete de setembro na praça Cívica. “Acho muito bonito esses desfiles. Venho pelo quinto ano acompanhar aqui”, disse Maria José.

Quando viram alguns policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar, as crianças foram cumprimentar eles e foram retribuídas com a atenção dos militares.

O cabo José Roberto Gomes, do Bope, disse que “é uma coisa importante ver crianças assim com o sonho em ingressar na vida militar”. “É importante não só para eles, mas para toda a família”, ressaltou. “Isso motiva o nosso trabalho”, concluiu.
A+ A-