Idema inicia manutenção e adequação do Cajueiro de Pirangi

Obras querem garantir manutenção do ponto turístico e protocolos sanitários para reabertura.

Da redação, Idema,
Ascom/Idema

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) iniciou nesta terça-feira (14), as atividades de manutenção no Cajueiro de Pirangi, considerado o Maior Cajueiro do Mundo. Neste período, no qual o Cajueiro se encontra com as visitações suspensas em razão da vigência dos decretos estaduais de combate à covid-19, as ações preventivas estão sendo realizadas.

Segundo a gestora do cajueiro, Marígia Madge, as obras são importantes para manutenção do ponto turístico e a garantia dos protocolos sanitários para reabertura. “As intervenções ampliarão a segurança, bem como trarão mais conforto aos usuários. Entendemos que o momento requer cautela e planejamento para o retorno das atividades e o recebimento do turista. Estamos adotando as medidas necessárias para adequar o Maior Cajueiro do Mundo”, ressalta.

O Núcleo de Engenharia e Arquitetura do Idema apontou que os serviços compreendem a manutenção da parte elétrica, das passarelas, restauração dos corrimãos, dos guarda-corpos e as podas dos galhos secos.

Mais de 130 anos de existência

Conta a história que o cajueiro foi plantado em dezembro de 1888 por um pescador chamado Luiz Inácio de Oliveira, que morreu com 93 anos sob as sombras da árvore. O Cajueiro fica na praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim, cidade da Grande Natal, e cobre uma área de aproximadamente 8.500 metros quadrados, com um perímetro de aproximadamente 500 metros.

Tags: Cajueiro de Pirangi Idema manutenção novo coronavírus obras pandemia protocolos sanitários
A+ A-