Correios lança selos em homenagem às ações de combate à covid-19

Arte apresenta o mapa-mundi aplicado em fundo azul e verde, cores que remetem calma e esperança.

Da redação, Correios,
Divulgação/Correios

Os Correios lançam nesta quarta-feira (8) um bloco de seis selos em homenagem aos trabalhos de combate à pandemia do novo coronavírus, que provoca a covid-19. A emissão foi projetada em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). O lançamento será on-line, nos canais oficiais dos Correios nas redes sociais.

A arte do bloco, de Alan Magalhães, apresenta o mapa-mundi aplicado em fundo azul e verde, cores que remetem calma e esperança. Elementos figurativos na forma do vírus, frases motivacionais e outros pictogramas, complementando recomendações e prevenções, compõem a vinheta.

Os selos são ilustrados por detalhados elementos que compõem os seis tópicos abordados: meios de comunicação, principais sintomas da covid-19, serviços essenciais, profissionais da saúde, ciência e tecnologia e unidades de terapia intensiva. Para este trabalho, foi utilizada técnica de ilustração vetorial.

A emissão tem tiragem de 60 mil blocos, com valor de R$ 12,30 (R$ 2,05 cada selo), e estará disponível nas principais agências de todo o país e também na loja virtual dos Correios.

Pandemia

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou, em 30 de janeiro, estado de Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional – o mais alto nível de alerta previsto no Regulamento Sanitário Internacional.

Os Correios estão acompanhando a situação de saúde dos seus empregados, clientes e fornecedores, prestando o apoio necessário e, também, atuando para garantir o bom funcionamento das atividades operacionais. Além de intensificar as orientações quanto aos cuidados básicos de higiene e procedimentos de limpeza dos ambientes e equipamentos, a empresa oferece a todos os empregados álcool em gel e máscaras laváveis. Foram instalados, ainda, painéis de acrílico em mais de 5 mil guichês de atendimento.

Dessa forma, a estatal tem garantido a prestação dos serviços postais, considerados essenciais pelo Decreto nº 10.282/2020 da Presidência da República, reduzindo as distâncias e apoiando a população, neste momento de adversidade e adaptação de todos os setores da sociedade.

Tags: Correios
A+ A-