Correios devem paralisar atividades por tempo indeterminado

Os servidores decidem em assembléia, nesta quarta-feira (12), por greve nacional.

Gabriela Duarte,
Os servidores dos Correios votam indicativo de greve às 18h30 desta quarta-feira (12), numa Assembléia na agência dos Correios de Nova Descoberta. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos (Sintect-RN), Moacir Soares, a greve deve ser deflagrada, já que não houve avanço nas negociações.

As atividades devem ser paralisadas a partir da meia noite desta quarta-feira. Os serviços mais prejudicados serão os prestados pelo setor de distribuição e o atendimento ao público. A Empresa de Correios e Telégrafos tem 1.350 funcionários no Rio Grande do Norte.

Os servidores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) reivindicam reajuste salarial de 47,77% e aumento real de R$ 200 nos salários. A contrapartida oferecida pelos Correios e rejeitada pela categoria foi de aumento de 3,74% nos salários, R$ 0,56 centavos no vale-refeição e R$ 3,37 na cesta-básica.
A+ A-