Corpo de Bombeios orienta sobre cuidados ao frequentar praias, barragens e açudes

No primeiro semestre de 2020, foram realizados 78 salvamentos em praias da região metropolitana.

Da redação, CBM,
Assecom/Corpo de Bombeiros
Nos primeiros seis meses deste ano, os guarda-vidas fizeram mais de 20 mil orientações e advertências para os banhistas.

Nos primeiros seis meses de 2020, o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte (CBM), através do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS), realizou 78 salvamentos em praias da região metropolitana de Natal. Além disso, ainda nesse período, os guarda-vidas fizeram mais de 20 mil orientações e advertências para os banhistas.

O comandante do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS), Major Roberto, destacou que os afogamentos e acidentes aquáticos podem ser evitados com prevenção e atenção “Os nossos guarda-vidas estão presentes nas praias alertando sobre os riscos de afogamentos e garantindo a segurança da população potiguar. Além do nosso trabalho de prevenção que é diário e imparável, é necessário também que os banhistas tenham cuidado ao entrar no mar e sempre atenda às recomendações dos bombeiros”, disse.

Já no interior do Estado, a recomendação também é de muito cuidado. Durante o período de cheia dos mananciais os riscos de afogamentos e outros tipos de acidentes aquáticos aumentam consideravelmente. A subida do nível das águas devido às fortes chuvas exige cuidados para pescadores e banhistas que estão nos rios, barragens e açudes.

Diante desse cenário, o Corpo de Bombeiros pede a população que evite navegar com botes durante o período de cheias. Além disso, não é recomendado o consumo de bebidas alcoólicas no banho e nem durante a viagem. Caso a travessia seja necessária, as pessoas devem usar colete salva-vidas.

Caso alguém presencie um afogamento ou acidente aquático, é só entrar em contato imediatamente com o Corpo de Bombeiros, através do 193. Não tentar socorrer de forma alguma a pessoa, pois somente os bombeiros têm a capacitação para o resgate.

Confira algumas medidas de prevenção:

- Certifique-se da profundidade da região em que deseja mergulhar;

- Evite ingerir bebidas alcoólicas e alimentos pesados antes de entrar na água;

- Nade longe de pedras;

- Tenha atenção com as crianças;

- Coloque a pulseira de identificação fornecida pelos guarda-vidas;

- Pergunte sempre ao guarda-vidas qual o local mais apropriado e seguro para o banho;

- Respeite as instruções dos guarda-vidas e as sinalizações de perigo na praia;

- Em açudes e barragens: verifique a profundidade, os galhos e lodo no fundo;

- Em períodos de enchente ou em zonas de correnteza o cuidado tem que ser redobrado;

- Evite brincadeiras como simulações de afogamento ou forçar a cabeça de um amigo para dentro da água;

- Cuidado com o limo nas pedras, pois ele pode fazer você escorregar e cair na água;

- Cuidado com buracos e fundos de lodo, pois você pode afundar rapidamente;

- Se o rio tiver correnteza nunca entre na água acima do joelho;

- Não tente entrar na água para realizar o socorro, ao invés disto chame por ajuda e jogue qualquer material de flutuação para ajudar.

Tags: açudes banhistas barragens Corpo de Bombeiros orientações praias salvamentos
A+ A-