Contrato da lanchonete popular do Augusto Severo é oficializado

Empresa responsável pelo quiosque terá um contrato de 60 meses ou até o fechamento do Aeroporto.

Lara Paiva,
Vlademir Alexandre/Nominuto.com
Contrato tem a duração de 60 meses.
O Diário Oficial da União (DOU) publicou na sua edição de quarta-feira (26) o contrato da empresa que será responsável pela lanchonete popular do Aeroporto Augusto Severo, em Parnamirim.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) vai instalar quiosques como forma de estimular a concorrência das lanchonetes no terminal aéreo, porque a maioria fornece os alimentos com preços exorbitantes e superiores aos de mercado.

Contrato tem a duração de 60 meses ou até o fechamento do Aeroporto Augusto Severo, que será desativado quando o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante começar a funcionar. O local medirá 25,25 metros quadrados e será instalado no 3º piso do aeroporto, onde possui a vista panorâmica da pista do Augusto Severo.

O contrato foi assinado 20 de setembro de 2012, a empresa responsável pelo quiosque é a Kall Kacau Lanchonete LTDA. A Infraero fez uma tabela de preços abaixo do mercado para 15 produtos, que entre eles estão o pão de queijo, refrigerante em lata, sucos naturais, café e sanduíches (natural ou não). O restante será por conta do futuro proprietário do estabelecimento.

As lanchonetes populares serão instaladas, primeiramente, nas cidades-sedes da Copa do Mundo de 2014. A primeira foi inaugurada em Curitiba.
A+ A-