Caixa de Assistência dos Advogados do RN lança rede de acolhimento à mulher

CAARN Mulher visa prestar todo suporte necessário a advogadas vítimas de violência doméstica.

Da redação, CAARN,
Ascom/CAARN
Segundo Monalissa Dantas, dados divulgados na mídia com o aumento de casos de violência doméstica são preocupantes.

Com o crescimento da violência doméstica, principalmente durante a pandemia da COVID-19, a Caixa de Assistência dos Advogados do RN – CAARN lançou no último mês a Rede de Acolhimento CAARN Mulher. A Rede é composta por três pilares e visa prestar todo suporte necessário a advogadas vítimas desse crime.

“A Rede foi pensada para prestar assistência a mulher advogada violentada de três maneiras: Por meio dos auxílios financeiro e psicológico; do apoio para a formalização da denúncia no 180, através da nossa Plataforma Não Se Cale; e na promoção de campanhas de conscientização”, explica a presidente da CAARN, Monalissa Dantas.

De acordo com a presidente, os dados divulgados na mídia com o aumento de casos de violência doméstica são preocupantes.

“Os casos de violência doméstica cresceram 258% durante o isolamento social no RN. São números alarmantes e revelam uma realidade que precisa ser mudada urgentemente. A CAARN Mulher vem para dar todo o apoio necessário às advogadas que passam por esse trauma. Não podemos nos calar. Não podemos ficar de braços fechados”, lembra Monalissa Dantas.

Tags: advogadas CAARN Mulher rede de acolhimento violência doméstica
A+ A-