Agentes de endemias lançam indicativo de greve

Categoria reclama que não há estrutura para os servidores trabalharem as oito horas exigidas pelo MP.

Geraldo Miranda,
Foto: Divulgação
O Sindicato dos Agentes de Saúde do RN (Sindas) realizou na manhã desta terça-feira (8) uma assembleia no auditório do IFRN, onde a categoria aprovou indicativo de greve. Os agentes de endemias reclamam que não há estrutura para que trabalhem as oito horas exigidas pelo Ministério Público (MP).

A categoria enviou para a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) os ofícios onde estão dando prazo de 72h definido por lei para oficializar o movimento e aguarda um retorno do secretário municipal de Saúde, Thiago Trindade, para discutir o assunto antes da próxima assembleia, que será na próxima segunda-feira (14).

O secretário da Sindas, Cosmo Mariz, informou que “a categoria vem tentando se reunir com o secretário, porém ele vem protelando a reunião e que assim não tem como a categoria conversar e tentar se acertar com a secretaria”.

Confira o Oficio nº. 029/2011 que foi enviado para o secretário municipal de Saúde.
A+ A-