Presos matam carcereiro durante rebelião em Pernambuco

Detentos começaram tumulto na noite desta quarta-feira (5) no Centro de Triagem de Abreu e Lima.

Os presos do Centro de Triagem de Abreu e Lima (Cotel), na região metropolitana de Recife, começaram uma rebelião na noite desta quarta-feira (5).

O carcereiro de um pavilhão foi assassinado. Os detentos colocaram fogo em colchões e móveis das celas, reivindicando, segundo informações preliminares, mais dias de visitação na unidade.

Segundo informações de um dos policiais militares que está no local, o carcereiro era conhecido por Salgueiro. Ele teria sido morto com golpes de armas artesanais e teve o corpo queimado junto com colchões.

Os homens do Batalhão de Choque entraram no presídio com bombas de efeito moral e extintores de incêndio. Com a ajuda do Corpo de Bombeiros, eles tentam controlar o tumulto e o incêndio.

O presídio tem capacidade para cerca de 311 pessoas, mas hoje está com 983 presos. Ainda não há informações sobre feridos.

Inicialmente, o Cotel era para ser apenas um local de triagem dos detidos para serem enviados para as outras unidades prisionais de Pernambuco.

No entanto, devido à superlotação das outras unidades, o local terminou mantendo detentos permanentemente.

Fonte: Terra
A+ A-