Marinha envia equipe para região onde jornalista e indigenista sumiram

Bruno Araújo Pereira e Dom Phillips desapareceram ontem na região do município de Atalaia do Norte.

Da redação,
Marinha do Brasil
Imagem ilustrativa.

A Marinha do Brasil informou hoje (6), ter movido uma equipe de busca e salvamento para a região do Vale do Javari, no extremo oeste do Amazonas, onde o indigenista Bruno Araújo e o jornalista Dom Phillips teriam sido vistos pela última vez antes de desparecerem.

Os militares da região foram encaminhados para Atalaia do Norte (AM), próximo à comunidade São Rafael.

Mais cedo, a União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja) informou que Bruno Araújo e Dom Phillips se deslocaram com o objetivo de visitar a equipe de vigilância indígena que fica próxima ao Lago do Jaburu. O jornalista inglês pretendia realizar algumas entrevistas com os habitantes daquela região para o livro que está desenvolvendo.

Ainda de acordo com a Univaja, Bruno Araújo, sofria ameças frequentes de garimpeiros e madeireiros Segundo informações iniciais, o indigenista e o profissional de imprensa desapareceram quando faziam o trajeto da comunidade Ribeirinha São Rafael até a cidade de Atalaia do Norte.

Tags: Amazonas Atalaia do Norte desaparecidos indigenista Jornalista Marinha do Brasil Resgate
A+ A-