Abstenção no Enade atingiu 15,5% dos inscritos

Os interessados podem ter acesso às provas e aos gabaritos no endereço eletrônico do Inep.

Agência Brasil,
Brasília - A abstenção no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) atingiu 15,5% dos inscritos, divulgou nesta segunda-feira (12) o Ministério da Educação. Dos 240.042 universitários de todo Brasil inscritos para fazer o teste ontem (11), 202.726 compareceram aos locais de prova e 37.316 faltaram.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), entre os cursos avaliados, medicina apresentou a menor proporção de faltosos (5,7%). Tecnologia em agroindústria apresentou o maior índice (27,1%).

Órgão do ministério responsável por organizar o Enade, o Inep informou que as provas realizadas ontem (11) transcorreram sem incidentes. Em Belém (PA), um grupo de alunos chegou a ocupar uma escola, mas o fato, segundo o Inep, foi contornado e não prejudicou o andamento das provas.

Os interessados podem ter acesso às provas e aos gabaritos na página eletrônica.  Os testes foram compostos de 10 questões válidas para todos os cursos e 30 questões específicas de cada área. Nas duas partes, as questões foram tanto de múltipla escolha como discursivas, com situações problema e estudos de casos.

O Enade de 2007 avaliou 3.454 cursos nas áreas de agronomia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia, fonoaudiologia, medicina veterinária, nutrição, odontologia, serviço social, técnico em agroindústria, técnico em radiologia, terapia ocupacional e zootecnia.

Segundo o Ministério da Educação, o objetivo do Enade não é avaliar nem punir os alunos, mas verificar a qualidade das instituições de ensino. De acordo com o governo, o desempenho da universidade está relacionado à aceitação do diploma universitário no mercado de trabalho.
A+ A-