Queda de helicóptero deixa três mortos no Rio Grande do Norte

Aeronave caiu após se chocar com a fiação elétrica de uma rede de transmissão que liga um parque eólico na Serra de Santana a uma subestação em Currais Novos.

Da redação,
Reprodução
Por causa da colisão do helicóptero na fiação cerca de 18 municípios da região do Seridó potiguar tiveram o fornecimento de energia interrompidos.

Um helicóptero de pequeno porte com três pessoas caiu no sítio Riacho das Ovelhas, no município de Currais Novos, durante a tarde de ontem (5).

De acordo com informações de populares, a aeronave da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) caiu após se chocar com a fiação elétrica de uma rede de transmissão que liga um parque eólico na Serra de Santana a uma subestação em Currais Novos, deixando pelo menos 18 cidades da região sem energia elétrica.

Por meio de uma nota emitida na noite de ontem, a Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) confirmou a identidade das vítimas como Juberson Coelho Coimbra (65 anos), piloto da companhia; Robson Deusdette de Melo Araujo (35 anos) e Francisco Wilson da Silva (52 anos), inspetores de Linha da Chesf.

“A Chesf está em grande pesar mediante o fato e está adotando todas as providências pertinentes junto aos órgãos competentes, priorizando a assistência às famílias das vítimas”, informou a Companhia por meio do comunicado.

As causas e circunstâncias da queda do helicóptero serão investigadas pelas autoridades competentes.

Tags: Acidente Aviação Chesf Currais Novos Rio Grande do Norte
A+ A-