Caça sueco Gripen chega ao Brasil e fará seu primeiro voo nesta semana

Avião comprado pelo governo para a Força Aérea chegou de navio no domingo a Navegantes, em Santa Catarina, e seguirá para Gavião Peixoto, no interior de São Paulo.

Da redação, Estadão Conteúdo,
Saab/Divulgação
Caça sueco Gripen F-39E, da Força Aérea, sendo tratorado até o aeroporto de Navegantes, em Santa Catarina .

O primeiro caça sueco do modelo Gripen F-39E, de um total de 36 unidades compradas pelo governo para a Força Aérea Brasileira (FAB), chegou ao País no domingo (20), em viagem de navio, até o porto de Navegantes, em Santa Catarina. Foram três semanas de viagem no navio MV Elke, saindo do porto de Norrköping, na Suécia.

 Após o desembarque, o avião foi rebocado por um trator, por cerca de 2 quilômetros, até o aeroporto da cidade, onde ficará até o fim desta semana. Somente depois de passar por uma manutenção, por causa da longa viagem realizada, o caça fará seu primeiro voo sobre território brasileiro. Ele irá até Gavião Peixoto, no interior de São Paulo, onde fica a fábrica da Embraer e o Centro de Ensaio em Voo do Gripen (GFTC, na sigla em inglês).

Dos 36 caças comprados da fabricante Saab, 28 são monospostos, com apenas um assento, e oito são bipostos, com dois lugares. Num primeiro momento, o avião será utilizado para um procedimento chamado de "ensaios de voo": testes sobre como a aeronave se comporta no ar. Pilotos da Saab, da Embraer e da FAB vão comandá-lo no ar para saber o que precisa ser adequado ao ambiente brasileiro, já que os testes iniciais, feitos a partir de agosto de 2019, foram realizados em ambientes frios, na Suécia. 

A previsão é que, apenas quando os testes com os modelos de um assento forem finalizados, ele seja entregue à FAB. Por enquanto, o prazo para que as primeiras aeronaves cheguem aos pilotos da Força Aérea é o último trimestre de 2021. 

Os voos, por serem de testes, serão realizados em ambiente controlado, como informou a Saab, por meio de nota, "buscando a máxima segurança do piloto e da máquina."

Tags: caça sueco Força Aérea Gripen F-39E
A+ A-