Festival Casa Tomada encerra programação

Heldon Simões,

Com objetivo de fortalecer a produção independente do Rio Grande do Norte, o  Festival Casa Tomada (8ª Edição da Mostra Casa Tomada) encerra sua programação hoje (21). O festival é realizado através do site www.coletivocida.com.br e o público pode interagir nas lives acessando o canal do Coletivo CIDA.

Programação do último dia:

DIA 21

19h - MOSTRA DE PROCESSOS - RESIDÊNCIA ARTÍSTICA PRÁTICAS PERFORMATIVAS NA DANÇA

POCKET NA CASA TOMADA - LUÍSA NASCIM - LUÍSA E OS ALQUIMISTAS

Bloco das Kengas lança revista celebrando os 38 anos de história

Heldon Simões,

Há quase 40 anos o bloco das Kengas brilha nas ruas da cidade do Natal durante o carnaval, levantando a bandeira da liberdade, respeito e alegria. Agora, o público pode conhecer mais dessa história através da publicação Kengas em Revista, que está disponível em versão online e impressa no Bardallo's Comida & Arte.

“Este ano devido à pandemia realizamos nossa 38° edição através da internet com a mesma irreverência e ousadia. Agora, levamos nossa voz para além das ruas do Centro Histórico contando nossa história e  relembrando personagens marcantes. Esta publicação é a realização de um sonho e abre os caminhos para as celebrações dos nossos 40 carnavais”, declara Lula Belmont, produtor cultural e diretor fundador do bloco As Kengas.

Na publicação, é possível conhecer histórias de foliões, kengas, madrinhas, além de causos engraçados, e claro: como tudo começou. A versão online está disponível gratuitamente em: 
https://linktr.ee/Kengas. O público também pode retirar a versão impressa no horário das 11h às 20h no Bardallo’s. 

Com editoria de Comunica Ceci, projeto gráfico de AM Criativo, capa do Estúdio 33, textos de Comunica Ceci e Alana Cascudo, a publicação foi idealizada por Lula Belmont e Marcelo Veni Produções. 


Marcelo Miranda lança novo CD autoral "Do Modão ao Piseiro"

Heldon Simões,

Dono do sucesso “Vou Cair na Bebedeira”, o músico, cantor e compositor Marcelo Miranda lançou nesse mês o seu novo CD autoral. Intitulado “Do Modão ao Piseiro”, o novo álbum é formado por uma mistura do sertanejo com o piseiro, ritmo que vem fazendo muito sucesso no Nordeste. O trabalho está agradando muito os fãs e baladeiros de todo o Brasil.
Marcelo começou a carreira aos 15 anos da idade como vocalista do Grupo Liberdade. Logo em seguida, seguiu carreira solo fazendo shows nos melhores bares de São Paulo. Em 2012, o cantor fez a sua primeira turnê no Nordeste, começando pelo Ceará, onde em três meses realizou vários shows e participou de uma das festas mais tradicionais da região, o “Tejubode”.
Um dos seus principais sucessos, o hit “Vou Cair na Bebedeira” ganhou repercussão nacional através dos programas "A Tarde é Show", com Nani Venâncio, e também no conhecido "Em Revista", por Eve Sobral.
Paulista de nascimento, Miranda adotou Natal, capital do Rio Grande do Norte, como a sua cidade do coração onde está morando desde que gravou o clipe da música “Vou Cair na Bebedeira”. Em 2020, ano desafiador para todos com a pandemia da Covid-19, o cantor se aproximou ainda mais dos seus fãs na internet, com a realização de Lives e produção de novas músicas.
Acompanhe o trabalho de Marcelo Miranda nas redes sociais. Siga o cantor no instagram @marcelomirandaf e se inscreva no canal do Youtube @marcelomiranda.


Risoto de Cordeiro é a estrela do "Cozinhando com o Chef"

Heldon Simões,

Hoje, quinta-feira (18), às 19h30, haverá uma nova edição do “Cozinhando com o Chef Daniel Cavalcanti” que terá como tema “Risoto de Cordeiro”. A oficina gastronômica, que tem apoio do Cordeiro Patriota, será transmitida pelo canal do Cascudo no YouTube.

Para quem desejar preparar o prato em casa, enquanto acompanha a transmissão, o Cascudo preparou um kit para três pessoas, com todos os ingredientes e receita por escrito no valor de R$ 140.

Além disso, é possivel harmonizar o prato com um excelente vinho argentino. Através de uma parceria com o Magazzino, o Cava Negra Malbec 2020, no valor de R$ 58, poderá ser entregue com o kit. O pedido pode ser feito pelo (84) 99828.7007 ou  no site 
www.cascudobistro.com.br.


Cantor potiguar Macedoc lança single "Dias de Luz"

Heldon Simões,

O cantor potiguar Macedoc lançouem todas as plataformas digitaiso single “Dias de Luz”. A música, que marca um novo passo na carreira do artista,  é uma composição própria, em parceria com o cantor Androla, e traz o romantismo em um contexto de reflexão, imerso em uma estética sonora envolvente. O processo de produção e finalização da música, no estúdio Atemporal Music, trouxe grande identificação com gêneros de referência do artista, sendo o pop alternativo o gênero principal.

Com muito entusiasmo, Macedoc traz um cronograma pra 2021 com a promessa de vários lançamentos: “Esse primeiro single é um contato importante com o público, onde poderei mostrar um pouco da minha essência, e  a cada composição ir criando novas conexões”, destaca o cantor.

O single “Dias de Luz” será lançado pela Rapport Produções, produtora que gerencia a carreira de outros artistas potiguares de destaque, como a banda Plutão Já Foi Planeta e o cantor Filipe Toca. 

MACEDOC


Potiguares usam aplicativo para comprar peixes e ovos de chocolate para a Páscoa

Heldon Simões,

Em tempos de segunda onda de Coronavírus, as compras para a ceia da Páscoa precisam ser adaptadas em 2021. Para garantir que o peixe e os ovos de chocolate cheguem à mesa com segurança sem que seja preciso sair de casa, a internet é a solução com seus aplicativos de compras.

No Bask, o cliente tem mais de 25 supermercados e peixarias com entrega rápida. Entre as peixarias, a Produmar, Casa do Peixe e Potiguar Prime são alguns destaques. Já para garantir os ovos de Páscoa, o cliente pode optar por lojas como RedeMais e SuperShow, entre outros. Todos os produtos têm o mesmo preço do supermercado. Além disso, as promoções das lojas são atualizadas no aplicativo em tempo real.

Desenvolvido por potiguares, o Bask está presente em Natal, Macaíba, São Gonçalo, Ceará Mirim, Extremoz, Parnamirim, João Câmara, Macau, Nova Cruz e Currais Novos, além de municípios da Paraíba. O app está em crescente expansão, com operações previstas para iniciar em breve em outras cidades do estado e fora dele.

Mais informações:

O aplicativo conta com mais de 100 mil produtos e alcançou a marca de 6 mil pedidos por mês. Mais de 50 mil pessoas já fazem as compras pelo celular.

Para comprar pelo aplicativo, o usuário entra com o seu endereço e a partir dele o sistema localiza quais lojas atendem àquela região. Depois, basta escolher o estabelecimento disponível e fazer as compras.

Além do pagamento por link, o usuário pode repetir a feira do mês em apenas 15 segundos. Algumas lojas aceitam vale-alimentação. Para mais informações o site é o www.bask.com.br/ e o Instagram @basknatal.

Arquiteta potiguar aponta as tendências e transformações do morar motivadas pela pandemia

Heldon Simões,

O que muda no morar após a pandemia da Covid-19? O confinamento trouxe a necessidade de adaptar o lar para acomodar todas as atividades que passaram a ser realizadas em casa: trabalho, estudos, lazer, refeições e exercícios físicos. Como será que o lar se adaptará para os próximos desafios? Como lidaremos com a limpeza e a organização da morada após o controle do vírus? Como será a nossa interação social, diante de novas medidas de distanciamento e de higiene? E a tecnologia, que nos forçou a migrar para o universo on? A arquiteta potiguar Karenina Hentz da Cunha Lima aponta as tendências e transformações que estão ganhando força com a pandemia da Covid-19.
"O tempo maior que estamos passando em casa está evidenciando os cuidados que devemos ter em relação a como nos sentimos em nossas residências. A relação com o espaço que a gente ocupa ganhou uma importância ainda maior. A pandemia trouxe novas tendências para projetos residenciais, assim como acelerou outras que já vinham em crescimento como, por exemplo, a preocupação de espaços cada vez mais aconchegantes em nossas próprias residências,” explica Karenina.
O trabalho remoto vinha em crescimento nas empresas e algumas casas já estavam adaptadas para isso. No entanto, de acordo com a arquiteta, a pandemia acelerou a tendência do home office — e não apenas com uma bancada para o computador, mas também com preocupações com os condicionamentos do conforto térmico, acústico e lumínico. "É importante termos um espaço reservado para o home office, bem como é imprescindível um local adequado para aulas remotas, no caso das famílias que têm crianças, além de espaços destinados para momentos de interação, que agora se adequam aos novos hobbies como a jardinagem ou a tendência crescente do ‘faça você mesmo’ ", indica ela.
De acordo com Karenina, os novos hábitos de higiene vieram para ficar. O hall de entrada, por exemplo, que é uma área de transição entre a rua e a casa, ganha importância. "É um espaço para higienização, onde se pode deixar bolsas, sapatos, sem levar a sujeira da rua para dentro de casa. Ele pode ser complementado com ganchos e mancebos para pendurar os itens recém-retirados, sapateira, banquinho e mesinha. Tudo para tornar mais prático o tira-põe ao chegar e sair de casa ", diz ela.
A bancada de estudos no quarto dos filhos tinha caído em desuso, mas voltou com tudo nos novos projetos durante a pandemia. Segundo a arquiteta, os estudos e o trabalho em casa também elevam a preocupação com a distribuição da internet pelos cômodos. "A experiência da quarentena, com a família toda em casa em tempo integral, vai refletir nos layouts daqui para frente", avalia. Para a profissional, as pessoas voltaram a dar bom uso também aos espaços sociais do lar com foco no lazer. "A valorização de espaços de entretenimento em casa passou a ser ainda maior. Desde o início da pandemia, as pessoas passaram a prestar mais atenção em suas casas e como ela pode oferecer, além de abrigo, diversão em família", acrescenta.
O isolamento social também fez com que as pessoas fizessem a maioria das refeições em casa e, consequentemente, passassem mais tempo na cozinha. "A cozinha foi mais valorizada neste período. Assim como os outros cômodos da casa, ela precisa ser agradável e funcional", diz Karenina. Áreas verdes em casa são cada vez mais desejadas e trazem vários benefícios: o contato com a natureza promove bem-estar e traz conforto térmico e alívio visual. "O cultivo das plantas também vira um momento de descompressão" finaliza.

Diana Fontes lança videobook sobre arte como ferramenta para o trabalho social

Heldon Simões,

Já está no ar o videobook “Arte que transforma vidas”. O projeto disponível no Youtube fala sobre o poder da arte como agente transformador de vidas e ferramenta para o trabalho social.

O produto audiovisual nasce da parceria de Diana Fontes, produtora cultural consagrada no Estado, e Joana Patino, especialista em Psicologia Positiva e também produtora cultural. Mãe e filha, enveredam nessa jornada de compartilhar, à luz das experiências vividas, como o fazer cultural pode romper as barreiras do entretenimento e formar cidadãos.

O vídeobook tem como personagem principal Diana Fontes e sua rica trajetória com ações culturais. Joana, por sua vez, dirige essa história compartilhada, revelando aquilo que fala sobre o social nos feitos da produtora experiente.

Para ilustrar a narrativa, o vídeo traz ainda falas de parceiros, jovens impactados, registros fotográficos e imagens audiovisuais dos documentários já realizados por Diana Fontes, e gentilmente cedidas por Carito Cavalcanti, Praieira Filmes.

SERVIÇO
Videobook “Arte que transforma vidas”
Disponível no link: abre.ai/dianafontes
Foto: Brunno Martins

Dani Cruz lança projeto colaborativo e novo EP "Suporte a Sorte"

Heldon Simões,

O “Compor: imersão criativa” surgiu em 2019 com a ideia principal de construção coletiva. O resultado dessa imersão foi o primeiro EP da cantora potiguar Dani Cruz, “Afoita”, em parceria com os músicos Eduardo Taufic, Mônica Michelly e Silvinha Calixto.

Diante de um novo contexto de isolamento social, Dani Cruz lança o  “Compor: imersões digitais”, com novos encontros, agora majoritariamente virtuais, para que novas obras colaborativas sejam criadas, neste momento não se atendo apenas à música, mas abrangendo o olhar para outras linguagens artísticas.

Na nova proposta, Dani Cruz convida as artistas: LuAna do SER (artista plástica e designer), Mylena Sousa (videomaker), Khrystal (cantora e compositora) e Brígida Paiva (cantora e intérprete de libras) para trazerem suas vivências e experiências de vida e criarem produtos artísticos. Os produtos gerados pelo projeto - ilustrações, videoclipe, composição musical e vídeos musicais em libras - serão lançados nas redes sociais de Dani, Instagram e YouTube (@danicruzcanta), durante o mês de março.

Pré-save: https://ps.onerpm.com/9876776815


Autoras potiguares lançam livro fotográfico sobre o circo do palhaço Xereta

Heldon Simões,

O circo do palhaço Xereta, velho conhecido nas periferias natalenses, é o personagem principal do livro fotográfico A Cidade Encantada do Xereta. Com texto da jornalista Ianne Maria e fotos da jornalista e artista visual Rita Machado, o livro revela parte do cotidiano circense de personagens cativantes. Com mais de 130 páginas, a publicação está em fase de pré-venda ao preço de R$50 e tem frete gratuito para todo o território brasileiro.

Josimar Soares da Silva atende por Mazinho na intimidade mas é popularmente conhecido por Xereta. Sua trajetória no circo começou literalmente na brincadeira, ainda criança, junto com o irmão, encenando espetáculos circenses no quintal de casa. Da brincadeira infantil veio a vontade, e ainda adolescente o jovem mazinho se viu trabalhando em circo. Foram dez anos trabalhando como malabarista e equilibrista, até que se descobriu palhaço. O palhaço Xereta nasceu aos 24 anos de idade, em 2005, e até hoje já se somam 26 anos de experiência. Com seu circo, Xereta já percorreu praticamente todos os estados nordestinos encantando crianças e adultos. Porém, sob o contexto da pandemia da COVID-19, o circo encontra-se parado, o que levou mazinho a explorar outras alternativas de sustento. Atualmente mazinho trabalha na confecção de lonas de circo, no aguardo de tempos melhores onde possa voltar a realizar seus espetáculos e voltar a dar vida ao Xereta.

Serviço:

Livro fotográfico A Cidade Encantada do Xereta

Pré-venda através do pix. Chave: 84 998139467 em nome de Rita de Cássia Machado Amaral

Valor: R$50 com frete incluso pra todo o brasil

Enviar comprovante para o número da produção (84 998139467)

Live de lançamento com participação do palhaço Xereta: 25 de março, às 20h no perfil @ritamachadoart



SOBEJO: no mês da mulher, projeto realiza circuito de lives e espetáculo ao vivo

Heldon Simões,

Num momento em que os casos de violência doméstica se agravaram, intensificados pela pandemia e que o isolamento social representou também o silenciamento das vítimas que agora passam mais tempo com seus agressores, o projeto “SOBEJO - Porque ainda é preciso gritar” idealizado pela atriz e produtora Eddy Veríssimo traz novamente em cartaz o espetáculo SOBEJO, com três apresentações ao vivo e lives que buscam assinalar a denúncia e guerrilha por meio da arte e debates.


Serviço

O quê? Espetáculo Solo Sobejo e Circuito de Lives com especialistas em combate ao feminicídio

Quando? 22/03, 31/03 e 05/04

Que horas? 17h

Onde? Plataforma Virtual do Teatro Gamboa Nova (espetáculo) e Youtube(lives)

Quanto custa? R$20 (inteira) / R$10 (meia)



7ª Mostra de Cinema de Gostoso acontece de 10 a 14 de março em formato virtual

Heldon Simões,

Uma das salas de cinema mais especiais do calendário de festivais brasileiro, a Mostra de Cinema de Gostoso exibe anualmente filmes a céu aberto na paradisíaca Praia do Maceió, em São Miguel do Gostoso (RN). Este ano, a 7ª Mostra de Cinema de Gostoso acontece de 10 a 14 de março, e em formato online, sob as condições excepcionais exigidas pela pandemia da Covid-19.

Se por um lado nesta edição não será possível contar com a experiência única das exibições ao ar livre, a versão online e gratuita apresentará uma vasta programação em homenagem ao cinema brasileiro. Serão exibidos 
34 filmes, a serem acessadosatravés do site www.mostradecinemadegostoso.com.br e também hospedados na plataforma de streaming Innsaei.TV (https://innsaei.tv/). Toda a programação ficará disponível durante os cinco dias da Mostra.

Mais informações:
 http://mostradecinemadegostoso.com.br



Cheia de Manias realiza live reunindo o melhor do pagode retrô

Heldon Simões,

A pandemia não acabou, mas o show tem que continuar, não é mesmo? Por isso, resolvemos levar para sua casa o melhor do pagode. No dia 10 de março, ao vivo, no Youtube Cheia de Manias Retrô, a partir das 19h, acontece a segunda edição da festa mais charmosa da cidade.

Romântico, dançante, pra namorar, pra curtir, festejar, dos anos 90 você vai sempre lembrar... O Pagode veio pra ficar e a Banda CHEIA DE MANIAS RETRÔ para eternizar.

A banda Cheia de Manias faz seu segundo show via plataforma de Streaming, e promete reviver os maiores sucessos do pagode dos anos 90.

Composta especificamente para esse projeto, a banda reúne os cantores das principais bandas de pagode da cidade:  João Felipe e Glaucinho (Mesa 12), Matheus (Preto no Branco), Rodrigo Lira (Pura Tentação) e Xingu (Novo Grito). “Mesmo em meio a pandemia e, inclusive com metade da banda infectada na primeira semana de ensaios, conseguimos nos reestabelecer e montar um show de altíssima qualidade”, afirma Gláucio Azevedo, cantor.

Serviço
:

Live Cheia de Manias

Local: Página Cheia de Manias no Youtube

Data: dia 10 de março

Horário: a partir das 19h

Mais informações: 84 98803-6681 (whatsapp).

Endereço: https://www.youtube.com/channel/UCq0_gD1zVLXJM-xPt3B_-Pg


Preservação da memória afetiva de bairros históricos é tema de exposição outdoor em Natal

Heldon Simões,

Entre 2017 e 2020 o fotógrafo João Oliveira documentou fotos que registram o atual estado de parte do patrimônio cultural, histórico e arquitetônico dos bairros que iniciaram a urbanização da capital potiguar, Ribeira e Cidade Alta. A memória afetiva, a nostalgia e o desprezo pela nossa história, visível no abandono de muitas construções, são elementos  presentes nas fotos do projeto “Cidade Ribeira”. Esse trabalho, até então inédito, começa a ser revelado para o público em diversas iniciativas, como numa exposição estilo outdoor nos muros do Margem Hub de Fotografia.

Quem passar pela esquina da Avenida Rodrigues Alves com a Rua Mossoró , no Tirol, poderá ver as fotografias que compõem o processo de investigação do fotógrafo sobre parte do nosso patrimônio histórico. As fotos monocromáticas  da exposição reforçam a ideia de passado, de resistência desse patrimônio, ao mesmo tempo que expõem a indiferença da cidade com parte importante de sua história, agora mais perto das ruínas do que da restauração. As fachadas abandonadas, algumas já tomadas pela vegetação, são capturadas pelo fotógrafo como um chamado à reflexão sobre o que faz a identidade cultural da capital potiguar.

O projeto de João Oliveira ainda conta com uma exposição online, já disponível em https://www.joaooliveirafoto.com/cidaderibeira


Espetáculo de Palhaçaria Feminina convida crianças e jovens para refletir sobre o universo da rua

Heldon Simões,

Até 17 de março de 2021, às segundas e quartas-feiras às 14h30, sábado às 15h00, a Cia. Teatral Circo Delas - grupo de São Paulo formado por mulheres - realiza apresentações virtuais gratuitas do espetáculo infanto-juvenil “As Clássicas”, através do seu canal no Youtube (https://youtube.com/channel/UCAaWkY6F4LQ2oUR8Hf5qb8w).

As apresentações terão transmissões ao vivo abertas ao grande público e parcerias para transmissões simultâneas com abrigos de crianças e adolescentes vítimas de maus-tratos e violência doméstica, escolas e espaços de acolhimento de crianças imigrantes.

Em “As Clássicas”, Carmela e Federica são duas palhaças amigas que dormem em meio a caixas de papelão nas ruas da cidade grande e passam por situações inusitadas para manter a amizade e conseguir sobreviver.


Sodiê Doces comemora Dia da Mulher com sabores contrastantes

Heldon Simões,

Sabores que se contrastam, Alpino e Abacaxi, foram os escolhidos pela Sodiê Doces para celebrar o Dia Internacional da Mulher. Durante todo o mês de março, os dois bolos ganham desconto em todas as unidades da rede.
O escolhido de chocolate é o Bolo Alpino #113, com recheio de Alpino trufado e mousse de chocolate, acompanhado de cobertura de trufado meio amargo, com lascas de chocolate ao leite e bombom Alpino.
De massa branca a opção do mês é o Bolo de Abacaxi #35, recheado com creme de abacaxi gelado e mousse branco com abacaxi. De cobertura acompanha também mousse branco com pedaços de abacaxi e cerejas decorativas.
Além dos dois sabores da promoção Bolo do Mês, a maior franquia de bolos do país tem mais de 100 variedades de sabores de bolos de chocolate ou massa branca, com recheios diversos que incluem morango, limão, coco, nozes, abacaxi, damasco, chocolate branco, chocolate ao leite, leite em pó, brigadeiro, doce de leite, leite condensado, entre outros e que agradam a todos os paladares.
Os bolos ganham desconto até o dia 31 de março em todas as lojas da marca no Brasil e exterior.
Em Natal, a Sodiê fica na Av. Prudente de Moraes, 1869, Barro Vermelho. Os pedidos podem ser feitos pelo Whatsapp (84) 99423-5680 ou pelo aplicativo Ifood. A loja tem promoção de delivery com taxa de entrega de apenas R$ 6 para vários bairros da cidade. A Sodiê Natal aceita cartões de débito e crédito. A loja está funcionando, seguindo o novo decreto municipal, de segunda a sábado, das 11h às 19h, e domingos e feriados, das 11h às 15h. Mais informações: (84) 3346-0020.
Sodiê Doces
Site: www.sodiedoces.com.br
Fanpage: www.facebook.com/sodiedocesoficial
Instagram: @sodiedocesnatal


Coletivo de criação estreia novo espetáculo com exibição gratuita nesta quarta-feira

Heldon Simões,

O corpo humano, em sua pluralidade e como meio de expressão dos sentimentos, têm aspectos da sua fragilidade e vulnerabilidade questionados no surpreendente espetáculo de dança “Entre nós e o mundo”, que será exibido virtualmente no dia 03 de março, às 20h, no canal do youtube do Entre Nós Coletivo de Criação.

“Entre nós e o mundo” é fruto de trocas e vivências com coreógrafos de outras partes do mundo em que os bailarinos potiguares João Alexandre Lima, Thazio Menezes e Álvaro Dantas, trazem à tona sentimentos, histórias e memórias desses momentos em duas montagens: “Remendo” e “O corpo é uma farsa”.

Formação de plateia
Além da apresentação para o público em geral na próxima quarta-feira (3), o grupo também está realizando exibições virtuais para grupos artísticos e estudantes da Grande Natal, com o intuito de formar público e gerar conhecimento sobre o fazer artístico.

SERVIÇO
ENTRE NÓS E O MUNDO
Dia 03 de março, às 20h
Canal do Youtube: Entre nós coletivo de criação
bit.ly/Entrenoscoletivodecriacao
CRÉDITO DAS FOTOS: Brunno Martins

Sarau em Casa Com Vida recebe Carlos Malta e Walter Fernandes

Heldon Simões,

Logo mais, às 21h, ocorre o Sarau em Casa Com Vida, com o encontro dos músicos e compositores Carlos Malta e Walter Fernandes. Projeto de shows online é realizada pela Casa com a Música em parceria com o Sindicato Nacional dos Compositores Musicais.

A iniciativa tem o propósito de abrir espaço para a diversidade e a riqueza das manifestações artísticas e é uma extensão virtual do evento Sarau ComVida, paralisado por causa da pandemia de Covid-19. A apresentação é de Robertinha Villas e Ricardo Moreno.

Ao longo da transmissão, o público poderá participar com perguntas e comentários. Para assistir, acesse www.facebook.com/casacomamusica




Festival Casa Tomada divulga programação e abre convocatória

Heldon Simões,

Com objetivo de fortalecer a produção independente do Rio Grande do Norte, o  Festival Casa Tomada (8ª Edição da Mostra Casa Tomada) será realizado em formato virtual e acessível, através do site www.coletivocida.com.br entre os dias 17 e 21 de março. A programação inclui oficinas, pocket show, mostra de processos, residências artísticas, além de bate-papos e apresentações de trabalhos. 
Sob o conceito “Dança Caseira”, o projeto selecionou oito trabalhos de artistas independentes do Rio Grande do Norte para compor uma programação diversa de cinco dias consecutivos, tendo como ponto de referência a produção artística em período de isolamento social, o Festival recebeu 30 inscrições de espetáculos, performances e vídeos. 
“O Festival tem como proposta contribuir no fomento e na difusão de trabalhos em dança produzidos aqui no estado, assim como busca entender e dialogar com as multiplicidades estéticas da dança norte-rio-grandense, possibilitando assim a criação de uma rede de relações que envolve artistas, produtores, pesquisadores e público. Isso contribui para que os artistas, grupos ou coletivos se reafirmem artisticamente, ganhando protagonismo no cenário cultural” , declara Arthur Moura, artista do Coletivo Cida.


Vida e obra do escritor Franz Kafka é tema de podcast potiguar

Heldon Simões,

O escritor Franz Kafka, um dos principais pensadores da literatura mundial do século XX, que só teve sua obra descoberta e reconhecida após a sua morte, é tema de podcast potiguar já disponível na internet. Intitulado Pedro Vermelho, o podcast tem cinco episódios, com um bate-papo leve, além de interpretações de trechos do conto “UmRelatório para uma Academia”.

O texto “Um Relatório para uma Academia” traz a história de Pedro Vermelho. Um personagem que nasceu macaco, transformou-se em homem e depois de cinco anos de adestramento alcançou a cultura de um cidadão europeu comum. E é através do sarcasmo e da ironia que a história desse homem/macaco vai se construindo.

O ator Doc Câmara, que interpreta o Pedro Vermelho no Podcast, afirma que a busca principal da construção do personagem foi de como transmitir algumas dessas sensações vividas pelo Pedro através da voz. “O texto do Kafka é imagético e sensorial. E todo o trabalho foi em cima dessa palavra que transmite uma imagem e que transmite uma ação, e fomos construindo o personagem em cima disso”, explica.

SERVIÇO
Podcast Pedro Vermelho - Diálogos sobre Franz KafkaJá disponível no Spotify, Deezer e Amazon Music

21-40 de 2591