Potyguar vence o Riachuelo e está de volta à elite do futebol do RN

Edmo Sinedino,

O Potygaur de Currais Novos está de volta à elite do futebol do Rio Grande do Norte depois de nove anos. É o terceiro título - 2007, 2012 e 2021-  da equipe tricolor da terra da shelita na Segunda Divisão. 1 a 0, gol do zagueiro Igor, de cabeça, aos 32 minutos do segundo, final disputada na tarde desta terça-feira, no Frasqueirão, diante do Riachuelo.

Vale o registro importante de que é esse o quarto título do treinador Hígor César na Segunda Divisão, recordista absoluto. Ele era auxiliar no Globo en 2013, com a saída do treinador assumiu na final e venceu,. Campeão com o Santa Cruz, 2016 e com o Força e Luz, em 2017, e agora com o Potyguar. Três destes títulos foram de forma invicta - 2013, 2017 e 2021 - ressaltando que emn 2016 com o Santa Cruz perdeu somente uma partida. A campanha desta temporada foi inpecável, com oito vitórias e um empate.

Destaque maior da equipe dentro de campo, claro, o meia Thiago Potiguar. Jogador com uma história belíssima, idolatrado no Pará, tendo brilhado também no América de Natal, mas prejudicado, diria até perseguido por um treinador que o "limou" do time rubro. Thiago mostra, prova, aos 36 anos, que ainda joga em grande estilo. Foi artilheiro do Campeonato com sete gols, além das assistências e total comando das principais jogadas de criatividade. 

O meia chorou muito emocionado na final, ele que teve que sair ainda no primeiro tempo, machucado. A emoção tem uma explicação, claro, é que ele está trazendo de volta à elite do futebol potiguar o time de sua terra Currais Novos. Todo o time do Potyguar foi bem, aplausos, mas Thiago Potiguar, Jadson, ex-América, Histone, que veio de Fortaleza e o atacante Piauí foram os pilares, em campo, desta conquista.

Apito

Destaco também a arbitragem segura, serena, de Alciney Santos, sem dúvida, o melhor árbitro da nova safra da FNF. Uma partida difícil que ele fez ficar fácil e a conduziu em paz até o final. Parabéns!

RAC

É preciso ressaltar a atuação, a campanha do Riachuelo Atlético Clube, que deu lições de organização e mostrou um futebol atraente, qualificado, também digno de figurar em nosso certame principal. O técnico Mirabô Rocha mostrou competência, assim como a diretoria de futebol,  capitaneada por Waldir Duarte, com o apoio do empresário Fernando Suassuna. Pena que falte sensibilidade ao presidente da FNF, pois ganharíamos todos se tivéssemos um campeonato com dez participantes, ao invés de um quase torneio com apenas oito.

*Foto: reprodução da internet

festapoty_09

*Foto: fnf/troféu de campeão da Segundona

trofeu_09

Tags: higor cesar invicto jadson potyguar rac thiago
A+ A-