Os quatro gols podem fazer ressurgir o interesse pelo atacante do ABC

Edmo Sinedino,

Será que vai aparecer time para contratar Wallyson. Ele marcou quatro gols numa só partida. o Brasil é o país dos gols, quem marca é tratado diferente, dizem logo que o cara deu show de bola, mesmo se tiver tocado na bola nas vezes que marcou. Talvez seja assim no mundo todo.

Além da preocupação de que surja uma proposta - clubes da Série C e talvez até Série B - notei algo muito estranho com Wallyson em campo. Ninguém o boicota, não existe isso, mas noto pouco interação do grupo com ele. Ficou evidente nos gols de hoje, pouca efusão, quase nenhum abraço, somente toques e cumprimentos frios.

Pode ser que eu esteja enganado, não vivo o dia a dia do clube, nem de longe sei o que acontece ou como é o relacionamento de Wallyson com o grupo. O que posso dizer é que o garoto simples de Macaíba já não existe mais, mesmo agora quando já não é tão festejado e procurado.

Mas como futebol dá voltas, giros, rotações de 360% até, pode ser que Wallyson ainda volta a ser, de verdade, o grande atacante que um dia esteve certo de ser convocado para a seleção, mas acabou ficando fora por conta de contusão, quando atuava no Cruzeiro.

Exigente, cobrativo, até chamado de reclamão, mesmo sendo beneficiado com o maior salário do clube, o atacante voltou de contusão e, pelo menos numa das partidas em que o treinador Diá esperava contar com ele se negou a viajar.

Isso já deve estar superado e a gente espera, nesta reta final, a sua entrega total e mais gols para ajudar o ABC a alcançar o objetivo. Sem grandes reforços, apenas com um time e poucos reservas à altura, verdade seja repetida, Francisco Diá segue fazendo milagres.

A torcida deve temer perder o jogador. Os quatro gols, mesmo marcados contra uma equipe que tomou, ao todo, 51 até agora, pode sim despertar o interesse de concorrente. E lembremos, estamos no "inferno" da Série D.

Afinal, essas perdas aconteceram depois do Estadual e se repetiu recentemente até no rival América, com as saídas de Dione, Renan Luiz e Augusto.

Tags: abc gols interesse menino quatro wallyson
A+ A-