Observador do Flamengo aprova centroavante do Santa Cruz; Henrique vai viajar dia 2/3

Edmo Sinedino,

olheiro2_09Os clubes do Rio Grande do Norte gostam de contratar. Essa cultura está acabando com o nosso esporte mais popular. A conta nunca fecha, as dívidas se agigantam, não existe investimento de verdade nas bases, o que resolveria os dois problemas - falta de dinheiro e falta de jogador.

Todos os dirigentes de futebol, por mais obtuso e aéreo que seja, sabe que não existe outra maneira de se fazer futebol, de se montar equipe de futebol, fazer caixa, se organizar, não sendo da receita simples de investimento em jovens valores. Muitos até usam a desculpa de que não vale a pena, pois formam atletas para outros clubes. Má gestão.

Brazi Sports, dos empresários Lupércio Segundo e João Quebra-Osso é um exemplo muito claro de que, trabalhando, investindo, oferecendo condições, surgem sim, se formam sim grandes jogadores. Exemplos, vários, jogadores em grandes equipes de nosso futebol e no exterior. O exemplo mais midiático: Gabriel Verón.

Na manhã desta quarta-feira, no JL, um amistoso entre o Santa Cruz Sub 15, equipe dos citados empresários, jogando contra uma seleção de Pendências. Na plateia, atento, um observador do Clube de Regatas do Flamengo, Sílvio Eduardo que veio especialmente para observar um jogador da equipe Sub 15.

Sílvio Eduardo é um dos 11 funcionários contratados pelo Flamengo para viajar pelo Brasil em busca de talentos. Pois bem, Sílvio veio ver Henrique, um centroavante canhoto, potência, promessa, quase certeza de virar jogador, mas, vejam só, acabou se encantando com mais gente.

Além do Henrique, ele elogiou muito o zagueirão Cleiton e o atacante Jadson. Destes, já está certo que o Henrique (na foto, ele é o último da esquerda para a direita), centroavante canhoto estilo Adriano Imperador, já viaja dia 2 de março para o Rio e inicia um período de testes na equipe carioca. Os outros dois seguem a preparação, breve podem pintar no Rio.

Henrique, 14 nos, natural de Barroca, distrito de Alto do Rodrigues; Jadson, 14 anos, nasceu em Capela, distrito de Ceará-Mirim. O zagueirão Cleiton, 15 anos, é de Natal.

olheiro123_09


Tags: america flamengo observador santa cruz silvio eduardo
A+ A-