O ABC de Moacir Júnior aprende mais uma lição, espero

Edmo Sinedino,

O ABC está na próxima fase da Série D do Brasileiro. Faltam mais duas passagens para a realização do sonho de voltar, pelo menos, à terceira divisão. A equipe venceu o Retrô de 3 a 2, tomou uma virada, mas realizou uma nova virada sensacional, nos sete minutos finais da partida, um susto enorme na torcida, mas está classificado e enfrenta o 4 de Julho, equipe que eliminou o Penarol do Amazonas - perdeu fora de 1 a 0 e venceu no seu estádio de 3 a 0.

E o jogo? O ABC mandou no duelo. Fez o primeiro gol aos 29 minutos, e com os atacantes Negueba e Gustavo Henrique infernizou a defesa do Retrô. Poderia ter até decidido o duelo ainda no primeiro tempo, marcado pelo menos mais dois gols e, sem exagero, até encaminhado uma goleada. Mas anotou apenas um, com Gustavo Hentique. O grande erro de um time que, me parece, ainda não aprendeu que não é proibido buscar mais gols quando já se está vencendo.

Um castigo. Na volta do intervalo, não sei o que aconteceu, ordens invertidas, todo mundo entendeu errado? O ABC melhor em campo ficou no vestiário. Perigo. O Retrô, mesmo com suas limitações passou a acreditar que podia. Empatou com Felipe Alvez, aproveitando uma rara falha do goleiro Welligton. O mesmo Felipe Alves, de Martins/RN, cria do ABC, carimba a lei do ex pela segunda vez, de cabeça, 2 a 1. Haja coração! Fiquei com medo, o time sem criatividade de Moacir Júnior poderia "travar", não fazer mais nada. Sorte que Denner foi acionado, e numa boa jogada tramada por Wallyson, Allef que cruzou na medida, o meia, que entrou muito bem na partida, empatou de cabeça.

E vamos sofrer mais um pouco. Pressão. Tudo caminhava para as penalidades máximas que, a gente sabe, não tem favorito mesmo. Uma rebatida de Suéliton (engraçado, vocês já contaram quantos gols o ABC de Moacir Júnior já fez assim?), raspou de cabeça, zagueiro se atrapalha, Wallyson fica com a bola livre, na cara do gol e, num toque de quem sabe jogar (apesar de não vir atuando bem) marca um belo gol e classifica o alvinegro.

Os gols alvinegros, os dois da virada, foram marcados aos 38 minutos, por Denner, e aos 43, Wallyson. Na sequência da competição, o time potiguar vai de bater com o 4 de Julho, do Piauí. Nosso representante tem melhor campanha e vai fazer a segunda partida em casa.

*Foto: Andrei Torres/ABC FC

dener123_09

Tags: abc felipe alves negueba retro wallyson
A+ A-