Na vitória contra o Bragantino, a despedida do volante Edson

Edmo Sinedino,

peledson_09Edson se despede do Atlético Goianiense para atuar no futebol árabe. A vitória contra o Red Bull Bragantino, por 2×1, marcou a despedida do volante Edson com a camisa do Atlético Goianiense.

O jogador aceitou proposta do Al-Qadisiah, da Arábia Saudita. A negociação rendeur 1,6 milhões de reais para o clube goiano.
As manchetes pós jogo diziam : "Edson se despede do Atlético-GO com mais uma atuação segura e deixa lacuna na equipe."

Titular absoluto, volante foi capitão na vitória sobre o Bragantino, sua última partida antes da transferência para a Arábia Saudita.

Com a camisa do Dragão ele fez onze jogos e marcou um gol, de cabeça, na partida contra o Grêmio de Futebol Porotalegrense.

O volante de Touros é cria do ABC de Natal, onde ficou de de 2009 até 2013, mais tempo que isso, já que esse tempo é marcado de contrato profissional. Disputou 48 jogos e marcou sete gols, isso tendo convivido com todo tipo de perseguição e discriminação.

Em 2013, ano da redenção, aos poucos foi conquistando o seu lugar na equipe principal do ABC. Com boas atuações e marcando gols, o volante ajudou na campanha que salvou o time do rebaixamento que era dado como certo,  após 22 rodadas na lanterna.

Tendo seus direitos federativos adquiridos, praticamente de graça, pelo BMG (ao final da temporada o ABC não renovou seu contrato e perdeu o atleta), Edson foi jogar no São Bernardo/SP, onde fez 9 jogos e marcou um gol; depois ficou cinco anos no Fluminense, onde marcou dez gols, emprestado ao Bahia, depois Ponte Preta e Atlético/GO.

A gente deseja boa sorte e um bom "pé de meia" para quando chegar o dia de se aposentar não enfrentar problemas financeiros.

*Foto: site do Dragão (Edson, direita na foto, recebeu homenagens dos amigos do clube na despedida).

Tags: abc bahia edson fluminense ponte preta sao bernardo
A+ A-