Minha avaliação do jogo-treino do América

Edmo Sinedino,

orobbo_09Fui ver o treino do América, sábado, no CT Abílio Medeiros. Em primeiro lugar deve ser levado em consideração a enorme fragilidade do adversário. A gente sabe das diferenças, mas muitas vezes um time amador mostra qualidades. O de Parnamirim, não. 10 a 0.

Apenas um primeiro treino. Gostei dos dois alas, mais do ala da esquerda, Renan Luís, passa muito, participa sempre do jogo, muito ativo, bons cruzamentos. Na marcação não foi testado. Bom jogador.

 O Krobel caiu nas graças da Torcida, mas não me empolguei tanto assim. Poderia ter rendido bem mais diante da fragilidade do adversário. Os volantes de pegada: comuns. O torcedor se encanta com o César Sampaio, pode ser que eles já tenham visto outros treinos, me pareceu um pegador comum como tantos no Brasil. Claro, ele pode jogar bem mais do que vi, afinal foram só 45 minutos. 

Leilson, segundo volante, não gostei. Demora com a bola nos pés  e faz muitos passes para trás e para os lados. Dione criou pouco nesse treino, esperava mais. Tiago Orobó muito bom atacante, rápido, forte, bom de cabeceio e de finalização.  Felipe Pará bem rápido e Felipe Augusto, fora de forma, me pareceu, muito mal. A torcida pegou no seu pé. 

Vi menos tempo do segundo time,  gostei da entrada da garotada, mas ninguém me chamou a atenção de forma mais especial. Enfim, apenas o primeiro treino.

Forma de jogar: 4-3-3, comum, dois volantes mais fixos, César Sampaio centralizado, Leilson segundo volante quase meia pelo lado esquerdo, com Dione fazendo a aproximação por dentro. Dois atacantes abertos dos lados - Orobó e Pará - e Felipe Augusto centralizado.

 A pegada do time é intensa, tirando o espaço do adversário, deve ser por isso que o Parnamirim quase não andou em campo.  Sim, os zagueiros, da mesma forma, não foram testados. Gustavo, deslocado, e Nilo, quarto zagueiro. Discretos.

Conversando com o vice-presidente do América, Ricardo Valério, ele me falou que o 9 já estaria contratado, e que deve vir mais um meia de qualidade. O torcedor falava em Nando, e senti aprovação. Vamos ver.

O primeiro teste do América 

Com gols de Tiago Orobó (2), Dione (2), Felipe Pará e Nilo no primeiro tempo, Beto (Sub-19), Judson, Rodrigo (Sub-17) e Luiz Eduardo (Sub-17) no segundo tempo, o Mecão venceu por 10 a 0 em partida realizada no Campo 1 do CT Dr. Abílio Medeiros.

O time começou o jogo com Ewerton; André Krobel, Gustavo, Nilo e Renan Luís; César Sampaio, Leilson e Dione; Felipe Pará, Tiago Orobó e Felipe Augusto. Já no segundo tempo, todo modificado, voltou a campo com Vitor Paiva; Arez, Allan, Juninho e Michael; Rodrigo, Judson e Beto; Luiz Eduardo, Murici e João Victor (atleta em avaliação).

O próximo teste está marcado para o dia 21 (sábado), às 15h, contra o Campinense, com local a ser definido. Certo mesmo é que a partida acontecerá em casa.


Tags: america forma de jogar fui krobel ver
A+ A-