Dirigentes de clubes iniciam movimento de criação de Liga para substituir o Campeonato Brasileiro

Edmo Sinedino,

Depois da crise instaurada na Confederação Brasileira de Futebol, os clubes da Série A organizaram, nesta terça (15), uma reunião para a criação de uma liga que organize o campeonato nacional.  A carta assinada por 19 dirigentes de clubes é um sinal dos tempos. Isso pode significar a diminuição de peso e ingerência de cartolas de federações no futebol brasileiro. 

De repente, um começo de criação de ligas por todo o Brasil para afastar, num futuro não tão distante, as figuras de presidentes que se apossam do cargo e se tornam quase vitalícios, numa absurda demonstração de falta de democracia que afunda o futebol. Exemplos? Vários. No RN, José Vanildo está no cargo desde 2007. O Sport/PE não se fez presente por conta de renúncia de seu presidente, mas já confirmou adesão.

Veja abaixo:

A carta dos clubes

Prezados Senhores,

Por unanimidade dos presentes, 19 (dezenove) Clubes da Série "A" do Futebol Brasileiro - em razão de diversos acontecimentos que vêm se acumulando ao longo dos anos e que revelam um distanciamento total e absoluto entre os anseios dos Clubes que dão suporte ao futebol profissional brasileiro e a forma como que é gerida a CBF -, reunidos nesta data, decidiram adotar as postulações e resoluções na forma abaixo elencada:

1- Requerer a imediata alteração estatutária que consagre uma maior participação dos Clubes nas decisões institucionais e na gestão da CBF, admitindo-se os Clubes como filiados dessa entidade;

2- Dentre os itens desta alteração estatutária, necessariamente deve ser incluída a votação igualitária nas eleições para escolha do Presidente e Vice-Presidentes da CBF, sendo certo que Federações e Clubes das Séries "A" e "B" terão seus votos contados de forma unitária e com o mesmo peso entre si;

3- Ainda no que se refere à alteração estatutária, inclui-se o fim dos requisitos mínimos para inscrição das chapas concorrentes à eleição desta entidade, abolindo-se a necessidade de apoio de oito (8) federações e cinco (5) Clubes, permitindo-se o lançamento de chapas que tenham o apoio expresso de, ao menos, 13 eleitores, independente de serem clubes ou federações; e

4- Comunicar a decisão da criação imediata de uma "Liga" de futebol no Brasil, que será fundada com a maior breviedade possível e que passará a organizar e desenvolver economicamente o Campeonato Brasileiro de Futebol. Além dos Clubes signatários, os Clubes da Série "B" serão convidados a integrar a "Liga".

Os Clubes adotarão as medidas efetivas para consumar a sua associação, para, de fora organizada, exercerem administração do futebol brasileiro e do seu calendário.


Tags: caboclo campeonato clubes federacoes liga mudancas vanildo
A+ A-